Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hamilton perde cinco posições no grid, mas mantém vitória na mira

O britânico Lewis Hamilton, pole position nas duas primeiras etapas da Fórmula 1, começará o Grande Prêmio da China, na melhor das hipóteses, em sexto lugar. Apesar da punição de cinco posições por trocar de câmbio, o piloto da McLaren mantém o objetivo de ganhar a prova deste domingo.

‘Nós ainda temos uma grande chance de vencer, contamos com um carro rápido. Vamos nos colocar na melhor posição possível para ter a estratégia correta e para ser rápidos o suficiente para brigar pela liderança. Eu sempre digo que quero seguir adiante, essa é a chave’, declarou.

O treino classificatório para o Grande Prêmio da China será realizado ás 3 horas (de Brasília) do próximo sábado. Para minimizar a punição por trocar de câmbio, Lewis Hamilton espera manter a hegemonia na temporada e largar novamente na pole position.

‘A minha abordagem não muda, ainda tenho que me qualificar o melhor possível. Eu venci depois de largar em terceiro no ano passado e agora vou tentar ganhar saindo mais para trás. Vou ter que tentar e largar em sexto se possível’, afirmou o piloto britânico.

Aproximadamente quatro semanas separam as etapas da Malásia e da China do Mundial. Com tempo para trabalhar no desenvolvimento do carro, Hamilton espera que as atualizações instaladas para a corrida de Xangai favoreceram a McLaren. ‘Seremos bastante competitivos neste final de semana’, apostou.

Terceiro colocado nas etapas da Austrália e da Malásia do campeonato, Lewis Hamilton contabiliza 30 pontos ganhos e ocupa a segunda colocação. Ele pode deixar a China como líder, já que o atual primeiro colocado é o espanhol Fernando Alonso (Ferrari), 35 pontos.