Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Goiás quer terminar o ano com dignidade e iniciar planejamento

Por Da Redação 15 nov 2011, 14h40

A derrota por 4 a 0 para o Bragantino selou o destino do Goiás em 2011: permanecer na Série B. Faltando duas rodadas para o término da competição, apesar de a situação já estar definida, a equipe quer encerrar o ano com dignidade e começa planejar a próxima temporada.

‘Nosso último objetivo na temporada é terminar com dignidade’, declara Marcelo Costa, antes de listar os motivos que impediram o Esmeraldino de conquistar o acesso. ‘Tivemos altos e baixos. Foram duas séries de vitórias, mas não o suficiente para se aproximar lá de cima’, analisa.

A permanência na Série B pode ser considerada uma vitória já que o Goiás lutou contra o rebaixamento durante grande parte do campeonato. Mas a arrancada na reta final deu esperanças falsas à equipe. Além disso, os jogadores recordam que o início de ano também não foi bom para o Esmeraldino.

‘Foi um ano muito ruim. Não ganhamos o estadual, saímos da Copa do Brasil e lutamos para não cair’, afirma Felipe Amorim, que, para os insucessos não serem repetidos na próxima temporada, entende que o Goiás já deve iniciar o planejamento para 2012. ‘Creio que a gente já sai na frente se mantermos a base para o ano que vem’, opina.

O mesmo pensa o técnico Enderson Moreira que, além de querer a permanência de alguns jogadores, a chegada de reforços. ‘Quero atletas com características que fazem parte da nossa filosofia de jogo. Temos uma espinha dorsal boa. Precisamos de algumas peças. Não está tão complicado de montar uma grande equipe já para o estadual’.

Ainda pelo Campeonato Brasileiro, o Goiás enfrenta o Icasa no sábado, no Serra Dourada, e depois viaja para Campinas, onde encerra sua participação na competição diante do Guarani.

Continua após a publicidade
Publicidade