Clique e assine com 88% de desconto

Felipão dá crédito a Jô e revela interesse frustrado pelo atacante

Por Da Redação - 10 jun 2012, 05h02

O técnico Luiz Felipe Scolari prevê uma evolução do meia-atacante Ronaldinho Gaúcho no Atlético-MG, mas apontou outro jogador como decisivo na vitória contra o Palmeiras. Para o treinador alviverde, o atacante Jô foi quem mais complicou a situação do time paulista, na noite deste sábado, pelo Campeonato Brasileiro.

‘O jogador mais decisivo deste jogo foi o Jô, com boa colocação na bola aérea e esperando os jogadores chegando de trás. Acho que, aos poucos, o Ronaldo vai se adaptar ainda mais ao Atlético e vai conseguir mais entrosamento’, avaliou.

Felipão amargou sua terceira derrota seguida no comando do Palmeiras neste Brasileirão (Sport, Grêmio e Atlético). Na estreia do campeonato, a equipe ficou apenas no empate com a Portuguesa. Neste momento crítico do Verdão, enquanto aguarda reforços, o treinador revelou que chegou a sonhar com a contratação de Jô.’Ele foi um jogador solicitado quando estava para sair do Inter, é um dos que dissemos que gostaríamos de ter na equipe. Ele não joga só como centroavante, pois tem saída boa, mas o Atlético foi rápido para contratá-lo e conta com a disponibilidade financeira maior. É o tipo de jogador interessante pela postura’, afirmou.

Felipão indicou ainda outros nomes à diretoria palmeirense, que corre para tentar viabilizar a chegada de pelo menos mais um atacante. Thiago Ribeiro é o maior sonho, mas tem mais chance de permanecer no Cagliari, da Itália.

Publicidade

Outro indicado foi Eder Luis, que está emprestado pelo Benfica ao Vasco. Já o santista Borges, outro alvo do técnico alviverde, foi descartado pela diretoria do Palmeiras, já que o Peixe não tem intenção de negociá-lo.

Publicidade