Clique e assine a partir de 9,90/mês

Descoberta a razão para água esverdeada na Rio-2016: algas

Segundo o Comitê Organizador dos Jogos, a proliferação de material orgânico será solucionada na madrugada e amanhã a água deve voltar à coloração normal

Por Alexandre Salvador - Atualizado em 10 ago 2016, 17h28 - Publicado em 9 ago 2016, 22h30

Fim do mistério. Segundo Mário Andrada, porta-voz do Comitê Organizador da Rio-2016, a coloração esverdeada da água que preenche a piscina usada para a prova de saltos ornamentais foi causada pela proliferação inesperada de algas no local. Ainda segundo os dirigentes, o problema se agravou mais rapidamente por causa da ausência de ventos na região do Parque Aquático Maria Lenk, em Jacarepaguá.

LEIA TAMBÉM:
Dez segundos atrás dos rivais, nadador da Etiópia é ovacionado
Espírito olímpico? Brasileira dá socos em italiana no polo aquático

Atletas que disputaram a final da prova de saltos sincronizados na tarde desta terça-feira mergulharam em uma piscina com uma água turva e verde escura.  Apesar do mistério, as competidoras garantiram que, apesar da cor, a água não influenciou na competição, pois não houve cheiro ruim ou irritação nos olhos. As vencedoras da prova foram as chinesas Ruolin Chen e Huixia Liu. Em segundo lugar ficaram Jun Hoong Cheong e Pandelela Rinong Pamg, da Malásia, e, em terceiro lugar, as canadenses Meaghan Benfeito e Roseline Filion.

De acordo com a Rio-2016, o problema será solucionado na madrugada e amanhã a água da piscina de saltos voltará à sua coloração normal.

Continua após a publicidade
Publicidade