Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Carvalho acha inviável jogar com Valdivia no atual esquema

O meia Daniel Carvalho percebeu que dificilmente atuará ao lado de Valdivia no Palmeiras. Substituído pelo chileno na partida contra o São Caetano, o camisa 83 do Verdão acredita que não há espaço para os dois no atual esquema tático armado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

‘No esquema que ele joga, não tem como jogarmos eu e Valdivia juntos. Temos de entender. Se mudasse o esquema, de repente daria. Mas temos de saber aceitar e pensar sempre no Palmeiras, que está em primeiro plano. O Felipão sempre vai procurar o melhor para o grupo’, avaliou o meia.

Daniel Carvalho ganhou espaço no Palmeiras depois que Valdivia lesionou a coxa direita, no dia 5 de fevereiro, em clássico contra o Santos. No entanto, o Mago voltou do departamento médico na rodada passada e criou uma dúvida no meio-campo do Verdão.

Atualmente, Felipão escala três volantes na equipe (Márcio Araújo, Marcos Assunção e João Vitor). Com isso, resta espaço para apenas um jogador de criação no setor.

‘Se para jogar os dois eu tiver capacidade de fazer o que o Felipão pedir, não tem problema nenhum, mas sem comprometer o time. Hoje, vejo que eu e o Valdivia temos dificuldade na marcação, e isso sobrecarregaria a equipe. Em primeiro lugar está sempre o Palmeiras’, ponderou.

Apesar de ter saído no intervalo do confronto com o São Caetano para dar lugar ao chileno, Daniel Carvalho não reclama da opção de Felipão e demonstra que não teria problemas em ficar no banco.

‘Não fiquei surpreso (por ter saído), foi natural, nós dois temos as mesmas características. No primeiro tempo (contra o Azulão), não conseguimos colocar a bola para dentro. Não vi problema em sair’, acrescentou.

Daniel Carvalho chegou ao Palmeiras no início do ano, enquanto Valdivia está em sua segunda passagem pelo Palestra Itália, respaldado pelo apoio da torcida.

‘Todo mundo sabe que, com um jogo atrás do outro, não pode existir vaidade e temos de entender que o Felipão está querendo fazer o melhor. Não vou ter a vaidade, posso responder por mim’, completou.