Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cristóvão Borges comemora vitória com esquema inovador

Por Da Redação 13 nov 2011, 21h09

Surpreendendo toda a torcida vascaína antes do clássico com o Botafogo, Cristóvão Borges adotou uma postura inovadora para frear o ímpeto do Botafogo no Engenhão. Com o placar de 2 a 0 ao fim da partida, o treinador comemorou a vitória com as mudanças que fez na equipe e exaltou a postura de seus jogadores em campo.

Para conter as investidas do rival, o comandante do Vasco escalou um losango no meio campo, com Allan, Rômulo e Fellipe Bastos formando o trio de volantes, enquanto Felipe ficou responsável pela armação das jogadas. Com isso, jogadores como Juninho Pernambucanos e Élton acabaram no banco de reservas, o que assustou os torcedores mais conservadores no início da partida.

‘As grandes virtudes do Botafogo são as jogadas pelo lado do campo com uma grande referencia na área. Eu vi isso da última vez que jogamos contra eles e em outros jogos que eu estudei. Eu só arrumei uma forma de bloquear o lado do campo e conter as jogadas deles. Desse jeito, eu sabia que a gente ia ter grandes chances de dominar o jogo’, explicou o treinador.

Cristóvão Borges ainda fez questão de elogiar a postura dos encarregados de marcar os laterais Lucas e Cortês. Para o técnico, o entrosamento que existe no lado direito da equipe, formado pelo lateral direito Fagner, o volante Allan e o atacante Éder Luís, é fundamental para que o Cruzmaltino consiga abrir espaços na zaga adversária e chegar ao ataque com qualidade.

‘Da mesma forma que o Botafogo tem a força dos lados, existe um entrosamento muito grande do nosso lado direito. O Fagner, o Éder e o Allan se conhecem e se entendem muito bem. Com isso, a gente teve ousadia para criar o contra-ataque e colocar o Fagner como um meia-atacante. Saímos bem na partida e conseguimos chegar ao gol’, avaliou o técnico.

Para o próximo jogo do Vasco no campeonato, contra o Palmeiras, no Pacaembu, o treinador não poderá contar com o volante Rômulo. O jogador xingou o árbitro após uma falta marcada no meio-campo e foi expulso, o que forçará mais uma mudança no esquema tático da equipe.

Continua após a publicidade
Publicidade