Clique e assine com até 92% de desconto

Coritiba goleia e acaba com sequência positiva do Botafogo

Por Da Redação 11 set 2011, 18h02

O Coritiba fez prevalecer o mando de campo e goleou por 5 a 0 o Botafogo, neste domingo, no Couto Pereira, pelo Campeonato Brasileiro. O time paranaense foi melhor durante toda a partida chegou a 32 pontos e segue com o objetivo de encostar na zona de classificação para a Libertadores. Já o Botafogo, que vinha de quatro vitórias seguidas, segue com 40 e perdeu a chance de colar nos líderes.

Os gols da partida foram marcados por Emerson, Marcos Aurélio, Bill, Rafinha e Éverton Costa. O detalhe é que os três primeiros vieram por meio de bolas paradas. O primeiro e o terceiro gols saíram após cobranças de escanteio e falta, respectivamente, enquanto que o segundo aconteceu através de pênalti. O quarto saiu após troca de passes na área alvinegra. Já o quinto, veio após bobeada da zaga que Éverton Costa aproveitou para marcar.

Na próxima rodada, o Coritiba vai até Porto Alegre encarar o Internacional, no domingo. No mesmo dia, o Botafogo terá o clássico contra o Flamengo para seguir entre os primeiros colocados.

O jogo – O Coritiba começou a partida pressionando a marcação no campo de defesa do Botafogo. No entanto, os donos da casa não conseguiam criar boas jogadas no setor ofensivo. Os cariocas buscavam os cruzamentos visando o uruguaio Loco Abreu, mas sem êxito. Somente aos dez minutos que os paranaenses assustaram pela primeira vez.

O volante Léo Gago arriscou de longe e a curva da bola quase enganou Jéfferson, que foi obrigado a espalmar. A resposta dos visitantes veio dois minutos depois, quando Elkeson cobrou falta na área e Vanderlei, atento, tirou o perigo.

A partida seguia com o mesmo panorama até os 20 minutos. A partir dai, o Coritiba intensificou o ataque e chegou algumas vezes com perigo ao gol alvinegro. Primeiro, Léo Gago arriscou de longe e Jéfferson fez boa defesa.

Depois, foi a vez de Rafinha tentar da entrada da área e obrigar o goleiro do Botafogo a espalmar para escanteio. Mesmo pressionado, os cariocas tentavam buscar o gol, mas pecava no último passe.

Melhor em campo, o Coritiba chegou novamente aos 24, quando Tcheco acertou belo chute e Jéfferson se esticou todo para espalmar para escannteio. Os paranaenses seguiam pressionando e teve sua melhor chance seis minutos depois. Após cobrança de escanteio, Emerson cabeceou sozinho e Renato salvou em cima da linha impedindo a abertura do placar no Couto Pereira.

Continua após a publicidade

Sem conseguir marcar o Coritiba, o Botafogo viu os donos da casa quase abrirem o placar em duas oportunidades. Aos 34, Bill recebeu dentro da área e chutou para Jéfferson espalmar para escanteio. A bola ainda bateu na rede pelo lado de fora. Após a cobrança do escanteio, Jonas apareceu livre, mas cabeceou a esquerda do gol alvinegro.

De tanto insistir, o Coritiba foi recompensado aos 43 minutos. Em mais uma cobrança de escanteio, o zagueiro Emerson apareceu livre e nem precisou subir para cabecear a esquerda de Jéfferson, que desta vez não conseguiu salvar os alvinegros, para abrir o placar no Couto Pereira e deixar os donos da casa em vantagem no intervalo.

No segundo tempo, o Botafogo iniciou tentando fazer logo o gol de empate. Os alvinegros buscaram as bolas levantadas na área, mas sem sucesso. Já o Coritiba, na primeira chance que teve, ampliou o placar. O atacante Bill foi lançado e acabou derrubado na área pelo goleiro Jéfferson. Na cobrança, Marcos Aurélio bateu forte no meio para marcar o segundo dos donos da casa.

Mesmo com o revés, o Botafogo não caiu de rendimento e criou sua principal chance aos 12 minutos. Elkeson foi lançado pela direita, entrou na área, mas finalizou em cima de Vanderlei, desperdiçando a chande de diminuir o marcador.

No entanto, novamente foi o Coritba que marcou no Couto Pereira. Após cobrança de falta na área, Bill se antecipou a Cortês e se esticou para tocar a bola para a rede alvinegra aos 20 minutos.

O novo revés diminuiu o ânimo do Botafogo, que mesmo buscando o ataque, não tinha força para assustar o goleiro Vanderlei. Já o Coritiba passou a administrar o resultado e abusar do toque de bola.

Os donos da casa seguiam tendo o domínio completo do jogo e ampliaram aos 35 minutos. Após bola roubada no meio, Rafinha lançou Marcos Aurélio no meio da área. O atacante viu a saída de Jéfferson e tocou para o meia, que chegava na corrida, só tocar para a rede. Antes do fim, os paranaenses fizeram o quinto, aos 43, com Éverton Costa, que aproveitou bobeada da zaga para tocar na saída do arqueiro alvinegro.

Com a goleada consolidada, as duas equipes passaram a esperar o apito final do árbitro no Couto Pereira para a alegria da torcida presente.

Continua após a publicidade
Publicidade