Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians adia reestreia de Pato

Técnico Cristóvão Borges alegou problemas físicos para desistir da escalação do atacante na partida de sábado diante do Figueirense

O Corinthians já até preparava ações de “reconciliação” entre Alexandre Pato e a torcida, mas a reestreia do atacante no clube foi adiada. Nesta sexta-feira, o técnico Cristóvão Borges revelou que Pato não foi relacionado para o jogo deste sábado, diante do Figueirense, em Itaquera. Segundo o técnico, problemas físicos motivaram a mudança de planos.

“Estamos fazendo avaliações e ele ainda não tem condições. É uma decisão apenas física e técnica, nada além disso.” O próprio Pato teria concordado com o veto. “Ele ainda não se sente pronto para participar. Ele está vendo a expectativa em torno dele e quer voltar bem, mas ainda não se encontra bem o suficiente”,  disse Cristóvão, no CT Joaquim Grava. 

Leia também:
Pato recebe apoio de companheiros no Corinthians

Pato vira piada no Chelsea por novo visual

Cristóvão, que sempre apoiou o retorno de Pato ao clube, admitiu que gostaria de tê-lo ao menos no banco de reservas diante do Figueirense.  “Minha ideia era contar com ele. Com toda a certeza, ele vai agregar e somar. Seria muito interessante, mas vimos que ainda não é o momento, vamos esperar mais um pouquinho”, ressaltou o sempre calmo treinador baiano. O Corinthians já preparava ações de marketing e nas redes sociais para tentar reaproximar Pato e os torcedores. O centroavante da equipe no sábado será André.

 

Confusões – A permanência no clube não era um desejo inicial de Pato nem do Corinthians, que paga ao jogador de 26 anos um salário mensal de 800.000 reais. Contratado em 2013 por cerca de 40 milhões de reais, o jogador caiu em desgraça no clube, sobretudo após perder um pênalti de forma displicente, diante do Grêmio, na eliminação da Copa do Brasil. Sem clima com companheiros e torcida, Pato foi emprestado ao São Paulo, clube pelo qual atuou em 2014 e 2015.

Pato recebeu uma proposta milionária do futebol chinês em janeiro, mas, para desespero dos dirigentes corintianos, recusou a oferta. Ele, então, foi emprestado ao Chelsea, na intenção de mostrar serviço e permanecer no futebol europeu. No entanto, em seis meses, Pato fez apenas duas partidas e marcou um único gol, de pênalti, até ser dispensado pela equipe de Londres.

Com contrato com o Corinthians até 31 de dezembro e sem clubes interessados em sua compra, Pato teve que retornar ao clube paulista. O técnico Cristóvão Borges e os atletas declararam total apoio ao jogador, assim como parte da torcida – enquanto outra parcela de torcedores e também se dirigentes segue bastante magoada. Como não realizou nenhuma partida do Brasileirão, Pato ainda pode ser negociado com clubes do país.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Cristovão Borges você é outro técnico idiota, aprendeu com o Tite a acabar com a carreira de jogadores. Está na hora de trocar essa diretoria de burros e incompetentes.
    E o Marlone porque compraram para ficar no banco

    Curtir