Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com gol no fim, Figueirense vence o Náutico por 2 a 1

Por Gabriel Melloni

Florianópolis – O Figueirense contou com a estrela do atacante Caio para conseguir a vitória diante do Náutico por 2 a 1, na noite deste sábado, no Orlando Scarpelli, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador, ex-Botafogo, que fazia sua estreia pelo clube, marcou o gol que garantiu os três pontos ao time da casa aos 49 minutos do segundo tempo.

Os dois times entraram em campo com novidades. O Figueirense estreava um novo treinador, Argel Fucks, que substituiu Branco depois do vice-campeonato catarinense. Já o Náutico, também insatisfeito com a campanha no estadual, no qual caiu na semifinal, reformulou completamente seu elenco, contratando 11 reforços.

O time pernambucano sentia o desentrosamento com as mudanças na escalação e o Figueirense aproveitou para pressionar o adversário. Logo no começo de jogo, Guilherme Santos, duas vezes, e Roni levaram perigo a Gideão. Com o passar do tempo, no entanto, os pernambucanos se encontraram em campo e equilibraram a partida. Assim, o primeiro tempo terminou em 0 a 0.

O Náutico voltou melhor e logo aos 20 segundos da etapa final teve a melhor chance da partida até então, com o atacante Araújo, que bateu para fora. Aos 3 minutos, o Figueirense respondeu com uma grande jogada, que Túlio finalizou para boa defesa de Gideão.

Melhor em campo, o time da casa se lançou ao ataque e o Náutico quase chegou ao primeiro gol em um contra-ataque. Ramon deu ótimo lançamento para Araújo. O atacante entrou sozinho, se atrapalhou, conseguiu finalizar, mas o chute saiu fraco e ficou fácil para Coutinho tirar.

A chance perdida faria falta ao time pernambucano, porque pouco depois os mandantes chegariam ao gol. Aos 31 minutos, Fernandes recebeu na intermediária, foi levando pelo meio e bateu cruzado, da meia-lua, para fazer o primeiro da partida.

Apenas dois minutos depois, no entanto, o Náutico respondeu. Depois de uma bola para a área, o árbitro viu pênalti do zagueiro Sandro. Na cobrança, Araújo bateu no canto esquerdo de Wilson e deixou tudo igual.

Quando parecia que o empate permaneceria até o final, o Figueirense chegou ao gol da vitória. Aos 49 minutos do segundo tempo, o atacante Caio aproveitou ajeitada de cabeça dentro da área para bater. Gideão fez grande defesa, mas no rebote o próprio Caio finalizou para marcar o segundo.

FICHA TÉCNICA:

FIGUEIRENSE 2 X 1 NÁUTICO

FIGUEIRENSE – Wilson; Pablo (Coutinho), Sandro, Ignácio Canuto e Guilherme Santos; Toró (William Pottker), Ygor, Túlio e Luiz Fernando (Fernandes); Caio e Roni. Técnico: Argel Fucks.

NÁUTICO – Gideão; Auremir, Cesinha, Ronaldo Alves e Márcio Rosário; Derley, Elicarlos, Souza (Glaydson) e Cleverson (Lúcio); Ramon (Ramírez) e Araújo. Técnico: Alexandre Gallo.

GOLS – Fernandes, aos 31, e Araújo, aos 34, e Caio, aos 49 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Arilson Bispo da Anunciação (BA).

CARTÕES AMARELOS – Caio, Roni, Márcio Rosário, Ignácio Canuto, Sandro.

CARTÃO VERMELHO – Márcio Rosário.

RENDA – R$54.075,00.

PÚBLICO – 5.185 pagantes.

LOCAL – Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).