Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Brasil receberá vistoria da Fifa para Copa do Mundo Feminina de 2027

País é um dos três candidatos a sediar o evento

Por Luiz Paulo Souza Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 7 Maio 2024, 17h16 - Publicado em 15 fev 2024, 17h07

Uma comitiva da Fifa chegará ao Brasil na próxima semana para vistoriar quatro das dez cidades brasileiras candidatas a sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027. O país concorrerá com duas outras candidaturas, sendo a primeira formada por Alemanha, Bélgica e Holanda, e a segunda por Estados Unidos e México.

As cidades escolhidas para a visita da Federação são Brasília, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. Entre os quesitos avaliados, infraestrutura, serviços, comercial e sustentabilidade e direitos humanos serão os mais decisivos, de acordo com a entidade. Caso o Brasil seja escolhido, Belo Horizonte, Cuiabá, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre e São Paulo também receberão jogos. 

A possibilidade do país sediar uma copa novamente, 13 anos após o sucesso da versão feminina da competição, em 2014, animou os entusiastas do futebol feminino. “Será fantástico porque proporcionará aos brasileiros e brasileiras um salto no consumo e na cultura, naturalizando ainda mais a modalidade, com o prazer de ver de perto o melhor do futebol feminino mundial”, afirma a diretora executiva de marketing do Sport Club Internacional, Liana Bazanela, em nota. 

Receber uma copa agora poderia proporcionar uma experiência positiva para o país, uma vez que os estádios e a infraestrutura hoteleira já estão prontos e razoavelmente novos – além disso, conta a favor do Brasil o fato de uma copa feminina nunca ter tido a América do Sul como sede. 

Continua após a publicidade

Apesar dos pontos favoráveis, há quem veja o favoritismo com certa descrença. “Os concorrentes pela vaga são fortes e acredito que o hype do futebol nos EUA, que terá acabado de sediar a versão masculina do torneio em 2026, colocam a candidatura conjunta com México como favorita”, diz, em comunicado, Ivan Martinho, professor de marketing esportivo pela ESPM. Ele concorda, no entanto, que receber o evento proporcionaria benefícios inequívocos para o país e para o esporte.  

A decisão da Fifa deve ser anunciada durante o Congresso da Fifa em Bangkok, na Tailândia, em 17 de maio. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.