Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Botafoguenses reconhecem queda de rendimento e se apegam à matemática

Por Da Redação 15 nov 2011, 16h10

As quatro derrotas nos últimos cinco jogos complicaram o Botafogo na disputa pelo título brasileiro. Os jogadores reconhecem a queda de rendimento da equipe, mas ainda acreditam na conquista do Alvinegro, mesmo o time estando a seis pontos da liderança com quatro jogos para serem disputados.

‘O título ficou difícil porque não depende só de nós, mas também de tropeços dos outros. Matematicamente existe a possibilidade, então precisamos acreditar. Agora é vencer os quatro jogos para buscar’, declarou Renato, que teve seu discurso acompanhado por Elkeson.

‘Ainda temos chances de ser campeões, temos que vencer os quatro jogos e torcer contra os adversários. Não podemos desanimar, ainda mais na reta final. É claro que ficou mais difícil, mas a equipe está consciente do que tem que fazer. Temos um jogo complicado, fora de casa, mas esperamos um bom resultado. Vamos lutar bastante nesses quatro jogos para conseguir as quatro vitórias’, garante o meia.

Se o time não vier, os botafoguenses querem ao menos uma vaga para a Libertadores, competição que o clube não disputa desde 1996. Para Renato, o Alvinegro subirá um degrau caso consiga participar do torneio continental no próximo ano.

‘Os clubes têm que crescer. O objetivo primordial é disputar a Libertadores, pois poderá se fortalecer e brigar pelos títulos. O pensamento tem que ser alto, mas implantado pouco a pouco’, opinou o jogador.

Nesta quarta-feira, o Botafogo enfrenta o América-MG. Depois, a equipe ainda tem pela frente Internacional, Atlético-MG e o clássico como Fluminense.

Continua após a publicidade
Publicidade