Clique e assine a partir de 9,90/mês

Blatter admite erro no Mundial de Clubes de 2000

Presidente diz que dois times do mesmo país não poderiam disputar a decisão. Na ocasião, o Corinthians venceu o Vasco na final

Por Da Redação - 27 out 2010, 16h27

Depois de dez anos, o presidente da Federação Internacional de Futebol, Joseph Blatter, esquentou as discussões sobre o primeiro Mundial de Clubes, organizado em 2000 no Brasil e vencido pelo Corinthians. Nesta quarta-feira, durante cerimônia em Zurique, na Suíça, para o sorteio da tabela do Mundial de Clubes 2010, Blatter reconheceu que foi um erro permitir que dois times do mesmo país estivessem na decisão.

Na ocasião, o Corinthians ganhou nos pênaltis do Vasco na final no Maracanã. “Percebemos que havia algo errado e precisaríamos de uma nova fórmula porque não poderíamos ter duas equipes do mesmo país na final”, disse Blatter.

Depois da primeira edição, o Mundial de Clubes organizado pela Fifa só voltou a acontecer em 2005. A principal razão foi a falência da empresa ISL, parceira da entidade e responsável pela organização da competição.

A partir de 2005, o Mundial da Fifa se juntou ao antigo Torneio Intercontinental. Em vez de incluir apenas duas equipes (uma da América do Sul e outra da Europa), o campeonato passou a ter representantes de todos os continentes – nunca mais dois clubes do mesmo país.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade