Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Avaí marca no fim e arranca empate com o Atlético-GO

Por Da Redação 12 out 2011, 18h33

Por Júlio Castro

Florianópolis – Com gol aos 45 minutos do segundo tempo, o Avaí arrancou o empate, por 2 a 2, com o Atlético-GO, nesta quarta-feira, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 29ª rodada do Brasileirão. O time catarinense saiu na frente, mas levou a virada e precisou de duas cobranças de pênalti para chegar à igualdade no placar e evitar a derrota.

O empate deixou o Avaí com 26 pontos, ainda na 19ª colocação, dentro da zona de rebaixamento. O Atlético, por sua vez, chegou aos 39, no 12º lugar. Na próxima rodada, o time catarinense tentará se reabilitar diante do Internacional, domingo, no Beira-Rio. O time goiano receberá o São Paulo no mesmo dia.

A forte marcação predominou nos primeiro minutos de um jogo que se concentrou no meio-campo. O Avaí demorou 13 minutos para chegar à área adversária, sempre com iniciativas concentradas na individualidade de seu principal jogador, o meia Lincoln.

E foi com ele que nasceu a jogada que originou o primeiro gol do jogo, aos 18 minutos. O meia deu assistência de calcanhar para Daniel servir o atacante William que, na cara do gol, abriu o placar. Percebendo a facilidade com que o Avaí avançava pelo lado direito de ataque, o técnico Hélio dos Anjos retirou Marino para a entrada de Agenor.

A equipe goianiense equilibrou o jogo e, mais eficiente nas jogadas, empatou aos 35 minutos através de Anselmo, com um chute no centro do gol, concluindo uma jogada costurada na entrada da área. Melhor estruturado em campo, o Atlético virou aos 41 minutos com um golaço. Vítor Júnior fez fileira ao vencer quatro marcadores e o goleiro Felipe até empurrar para o fundo.

O Atlético iniciou a etapa final pressionando o Avaí. Com frequência impôs sufoco à defesa catarinense que se sofria para evitar desvantagem maior. Aos poucos, o Avaí equilibrou a disputa impondo certa pressão, principalmente em jogadas de bola parada. E, numa investida isolada aos 29 minutos, com tentativa de finalização de William, o lateral Agenor parou a jogada dentro da área com toque de mão que resultou na sua expulsão.

A cobrança de pênalti de William, que viria como um alento à retomada do placar, foi frustrada com a defesa do goleiro Márcio. Os minutos finais de jogo foram de completo desespero avaiano, com um jogador a mais em campo. Insistências com chutes equivocados de longa distância predominaram até que o meia Cleverson foi derrubado na área, originando novo pênalti. William se redimiu com uma finalização forte aos 45 minutos.

Ficha Técnica:

Continua após a publicidade

Avaí 2 x 2 Atlético-GO

Avaí – Felipe; Daniel, Dirceu (Cleverson), Gian e Fernandinho; Bruno Silva, Júnior Urso, Pedro Ken (Rafael Coelho), Lincoln e Robinho (Diogo Orlando); William. Técnico: Betinho (interino).

Atlético-GO – Márcio; Adriano (Joilson), Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Marino (Agenor), Pituca, Bida e Vitor Júnior; Felipe (Ernandes) e Anselmo. Técnico: Hélio dos Anjos.

Gols – William, aos 18, Anselmo, aos 38, e Vitor Júnior, aos 41 minutos do primeiro tempo. William, aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Bruno, Júnior Urso e Lincoln (Avaí); Marino, Adriano e Pituca (Atlético-GO).

Cartão vermelho – Agenor (Atlético-GO).

Árbitro – Paulo César Oliveira (SP).

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Continua após a publicidade

Publicidade