Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após sofrer como torcedor, Marcinho espera jogar reta final com Bragantino

Por Da Redação 10 nov 2011, 13h30

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Marcinho assistiu pela televisão à vitória fora de casa sobre o Salgueiro, que colocou o Bragantino pela primeira vez dentro do G-4 da Série B do Brasileirão. O jogador confessou nervosismo com a situação, mas agora comemora o fato de poder estar em campo na fase decisiva do campeonato.

‘A gente, que participou de todos os jogos, fica muito nervoso em ver a partida pela televisão. É ruim demais ficar fora e só poder torcer. A vontade de ajudar os companheiros era grande, mas não dava e isso destrói a gente. O lado bom foi que zeraram os meus cartões e até o final da competição vou estar à disposição e pronto para ajudar’, declarou o meia do Massa Bruta.

No seu retorno ao Bragantino, Marcinho já encarará uma pedreira. No sábado, o time duela com o Goiás no Nabi Abi Chedid. O jogador espera contar com o apoio da torcida para vencer os goianos, que vêm embalado por uma sequência invicta na competição.

‘É muito importante a torcida incentivar a gente. Nosso torcedor é peça fundamental para consolidar o acesso. Estamos contando com esse apoio e tenho certeza que no sábado o Nabizão vai estar totalmente lotado e com um torcedor bastante animado empurrando o time para, se Deus quiser, conseguirmos mais uma vitória’.

Restando três jogos para o término da Série B, o Massa Bruta não quer deixar escapar a oportunidade de conquistar o acesso para a elite do futebol nacional. Para Marcinho, o time merece estar no G-4, pois vem fazendo um campeonato bastante regular.

‘Essa chance vem fruto do nosso trabalho no dia-a-dia. Fomos bastante regulares no segundo turno ficando muitos jogos sem perder e sempre somando pontos. Agora estamos colhendo os frutos, mas temos que ficar focados nestas últimas partidas e nem pensar em deixar escapar os resultados’.

O Bragantino soma 55 pontos, um a mais que o quinto colocado, o Vitória. Depois de encarar o Goiás, a equipe ainda tem pela frente ASA-AL (casa) e Paraná (fora).

Continua após a publicidade
Publicidade