Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após derrota, Tite antecipa concentração no Corinthians

Por Da Redação 11 jun 2012, 14h10

Por Fábio Hecico

São Paulo – Depois de tanto relutar em falar do Santos nos últimos dias, agora o Corinthians só pensa no rival da semifinais da Libertadores. A ordem é ter concentração total no principal confronto do ano até agora. Para isso, o time mudou sua rotina e já se concentra na noite desta segunda-feira. Amanhã, o último treino será realizado já na Vila Belmiro, palco do jogo de ida, na quarta-feira.

Dormir no CT esta noite e amanhã já estar em Santos, sentindo o clima que envolve o duelo, virou tática para o time, quem diria, esquecer a má fase no Brasileiro e também os problemas nos últimos jogos, como falta de gols e de vitórias.

Tite vem fazendo uma lavagem cerebral no grupo tentando convencê-lo de que é possível trazer para São Paulo um bom resultado para não entrar tão pressionado no Pacaembu, dia 20. Se diante de Emelec (oitavas) e Vasco (quartas) os empates por 0 a 0 foram considerados bons, agora o treinador pede ousadia aos atacantes para que o time faça gols na casa do adversário.

Até agora, em cinco visitas na Libertadores, o Corinthians ganhou apenas um jogo, somou quatro empates, mas em três oportunidades não saiu do zero. A meta é tentar repetir ao menos o 1 a 1 com o Deportivo Táchira, na Venezuela, já que fazer 3 a 1 como fez no Nacional é praticamente descartado.

Tite quer, de todo jeito, que o time traga ao menos um empate com gols para casa. O duro é que, sob seu comando, o Corinthians ainda não ganhou na Vila Belmiro. Lá caiu duas vezes, por 2 a 1 e 1 a 0 e ainda somou um 0 a 0. “Temos de dar tudo no que é nossa prioridade no ano. Buscar um bom resultado para tentarmos chegar à final, que é nossa meta”, afirma o treinador.

Continua após a publicidade
Publicidade