Clique e assine a partir de 9,90/mês

À espera de reunião com diretoria, Adriano treina no horário certo

Por Da Redação - 19 jan 2012, 16h16

O atacante Adriano deve se reunir na noite desta quinta-feira com o presidente em exercício do Corinthians, Roberto de Andrade, e outros membros da diretoria do clube. Antes de definir seu futuro, o camisa 10 treinou normalmente e sem se atrasar no CT Joaquim Grava.

A pauta da conversa, que acontecerá no próprio centro de treinamentos, é a falta do Imperador ao treino de terça-feira. Liberado na segunda para viajar ao Rio de Janeiro e comemorar o aniversário de sua mãe, Rosilda, o centroavante não voltou a tempo de trabalhar e se ausentou sem dar justificativas.

A primeira medida da cúpula alvinegra foi multar o atleta em parte do salário, enquanto a comissão técnica o afastou do amistoso dessa quarta, contra a Portuguesa, no Pacaembu. A rescisão imediata do contrato é improvável, já que o Corinthians teria de arcar com os altos salários de Adriano até o fim do vínculo, em 30 de junho de 2012, mas não está descartada.

Roberto de Andrade avisa que quer ouvir do jogador o que ele pretende para esta temporada, mas já deu sinais de que só deve abrir negociações para mantê-lo no segundo semestre em caso de atuações muito acima da média na primeira metade do ano, principalmente na Libertadores.

Continua após a publicidade

Tite disse após o duelo com a Lusa que Adriano precisa se ‘reconduzir’, mas garante que ainda confia no sucesso do Imperador. A torcida, por sua vez, não o atura mais. Durante a partida, avisou nas arquibancadas que ‘a paciência acabou’ e que o Corinthians ‘não precisa’ do Imperador.

Publicidade