Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pabllo Vittar apaga tuíte considerado gordofóbico: ‘Me arrependo’

Em mensagem de 2013, cantora disse que segunda-feira é o ‘dia nacional das gordas postarem foto de alface’

Pabllo Vittar apagou um tuíte depois que passou a ser acusada de gordofobia na internet. A cantora deletou uma mensagem antiga, de setembro de 2013, quando ainda não era famosa no Brasil inteiro, em que dizia: “Segunda-feira: dia nacional das gordas postarem foto de alface e começarem uma dieta que nunca vai pra frente. Isso é Brasil”.

 (Reprodução/Twitter)

Em comunicado enviado por sua assessoria de imprensa, Pabllo confirma que apagou a mensagem e pede desculpas. “Foi uma brincadeira infeliz mas que não teve objetivo de ofender ninguém”, diz a nota. “‘Essa foi uma brincadeira de um adolescente inconsequente e imaturo. Me arrependo de ter escrito isso, mas estamos sempre em desconstrução e isso não reflete a minha postura e pensamento atual. Peço desculpas a todos que ofendi em 2013 e também agora. Todos somos lindos sim e ninguém tem o direito de dizer o contrário’”, diz a cantora.

Depois que a postagem foi resgatada, internautas começaram a criticar Pabllo no Twitter. Muitos usaram a hashtag “Gordofobia não é piada”, que já estava sendo usada antes, para criticar Danilo Gentili, para protestar também contra a cantora.

Gentili foi acusado de gordofobia após publicar tuítes sobre a jornalista e youtuber Alexandra Gurgel, que foi entrevistada pela BBC Brasil. O apresentador do SBT respondeu ao título da reportagem – “’A gente não quer mais ser visto como doente’: a vida de quem é alvo de gordofobia”. “Se chatice for doença…”, escreveu Gentili. O humorista voltou a falar sobre a youtuber um dia depois. “Eu vou falar uma coisa… eu sei que é difícil de acreditar… mas mano… eu juro… acabei de jantar aqui… e juro… é difícil acreditar, mas… eu comi mais que essa mina…”, disse, publicando uma foto de Alexandra.