Clique e assine a partir de 9,90/mês

Oscar 2021 é adiado por causa da pandemia

Inicialmente marcado para fevereiro, evento acontecerá em abril. Período de elegibilidade das produções foi prorrogado

Por Tamara Nassif - Atualizado em 15 jun 2020, 16h41 - Publicado em 15 jun 2020, 16h24

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou nesta segunda-feira, 15, o adiamento da cerimônia de premiação do Oscar 2021 por causa da pandemia do coronavírus. Inicialmente programado para 28 de fevereiro, o evento acontecerá dois meses depois, em 25 de abril, uma virada esperada pela indústria cinematográfica.

A organização também estendeu as datas de elegibilidade. Antes, para concorrer a uma estatueta dourada, era preciso ser exibido em salas de cinema nos Estados Unidos até o fim de dezembro. Agora, os longas lançados até o dia 28 de fevereiro podem concorrer. O anúncio dos indicados será em 15 de março.

ASSINE VEJA

Os desafios dos estados que começam a flexibilizar a quarentena O início da reabertura em grandes cidades brasileiras, os embates dentro do Centrão e a corrida pela vacina contra o coronavírus. Leia nesta edição.
Clique e Assine

“Por mais de um século, filmes desempenham um importante papel em nos reconfortar, inspirar e entreter durante os mais sombrios dos dias. Eles com certeza fizeram isso este ano”, disse o comunicado assinado pelo presidente da Academia, David Rubin, e o diretor-executivo Dawn Hudson. “Nossa esperança, ao estender o período de elegibilidade dos filmes e ao adiar a data do nosso evento, é de prover a flexibilização que diretores de cinema precisam para terminar e lançar seus filmes sem sofrer penalizações por algo que foge de nosso controle.”

A Academia também anunciou o adiamento do evento de gala denominado “Governors Awards”, agora sem data definida. O lançamento do Museu do Cinema, em Los Angeles, passou para 30 de abril para coincidir com a cerimônia.

Continua após a publicidade

Na semana passada, a Academia anunciou uma série de mudanças estruturais para aumentar a diversidade e a inclusão, tanto no que tange filmes concorrentes, quanto na organização do evento. A principal alteração até agora foi na definição de que 10 longas poderão concorrer à estatueta de Melhor Filme, em contraste ao número flutuante de outras edições do Oscar. Ela passará a valer a partir de 2022.

Essa não é a primeira vez que o Oscar é adiado. Em 1938, a cerimônia mudou de data por causa de alagamentos em Los Angeles. Em 1968, a festa foi adiada após o assassinato do ativista Martin Luther King Jr., e em 1981, após a tentativa de assassinato do presidente Ronald Reagan. 

Publicidade