Clique e assine a partir de 9,90/mês

Os melhores restaurantes de cozinha variada em Brasília

Confira os endereços da categoria que valem a visita; mais diversas opções de culinárias como a árabe, indiana e a portuguesa

Por Gabriela de Almeida, Guilherme Lobão, Larissa Lima, Mirela Mazzola, Mateus Vidigal e Sara Campos - Atualizado em 4 set 2017, 21h57 - Publicado em 19 ago 2017, 02h00

O roteiro a seguir, com 51 estabelecimentos, integra a edição digital de VEJA COMER & BEBER BRASÍLIA 2017/2018:

 

Grand Cru – eleito pelo júri o melhor restaurante de cozinha variada

Inaugurada há uma década, a unidade brasiliense da Grand Cru foi a primeira a investir em um restaurante anexo à loja de vinhos. A ideia do proprietário Fernando Rodrigues deu tão certo que acabou replicada em outros endereços da importadora espalhados pelo país. A coleção de rótulos à disposição dos clientes é sim um atrativo e tanto, mas o que conferiu à casa o reconhecimento do júri de VEJA COMER & BEBER nesta edição foi a qualidade dos pratos preparados na cozinha. Há dois anos, as receitas são criadas pela dupla de chefs Alexandre Aroucha e Leônidas Neto. Discípulos de Simon Lau no extinto Acquavit, eles passaram por um estágio de seis meses no aclamado Noma, em Copenhague, antes de aterrissar de vez neste endereço do Lago Sul. Para a etapa inicial, o menu traz entre as sugestões os anéis de lula ao vinagrete de ciboulette e creme de grana padano (R$ 33,00). A lista de pratos principais, que muda diariamente no jantar, exibe preparos de pegada contemporânea, a exemplo da rabada de kobe beef com pamonha assada, cebola caramelada e agrião baby (R$ 81,00) e do kassler confitado com arroz negro, raspas de limão-siciliano e farofa de banana (R$ 75,00). Após definirem o que querem comer, os clientes partem para a escolha da bebida ideal. Entre mais de 1 000 rótulos, encontram-se alternativas como o tinto espanhol Heras Cordon 2013, corte das uvas tempranillo, mazuelo e graciano (R$ 199,00), e o malbec argentino Cobos Felino 2015 (R$ 149,00). Na ala das sobremesas, lidera os pedidos a torta marcel, de chocolate belga orgânico com 70% de cacau e caramelo, salpicada com flor de sal e curry (R$ 28,00).

SHIS QI 9/11, bloco L, loja 6, Lago Sul, (61) 3368-6868 (90 lugares). 12h/16h e 19h/0h (seg. só jantar, fecha dom.) Aberto em 2007. $$$

 

Continua após a publicidade

2º Lugar – Bloco C

No ambiente decorado com cobogós e azulejos de Athos Bulcão, o chef Marcelo Petrarca oferece degustações (a partir de R$ 390,00 cada menu) que contemplam de cinco a oito etapas e têm ingredientes como vieira, cordeiro e magret. O serviço à la carte tem entre os pratos mais pedidos o filé com rapadura (R$ 82,00), um mignon regado com molho rôti guarnecido de risoto de queijo grana padano e finalizado com rapadura laminada. A experiência pode ser adoçada com churros de banana (R$ 24,00), que traz a própria fruta empanada com farinha, açúcar e canela e recheada de doce de leite da casa.

211 Sul, bloco C, loja 17, (61) 3363-3062 (120 lugares). 12h/15h30 e 19h30/0h (sex. jantar até 1h e sáb. almoço até 16h; fecha dom.). Aberto em 2015. $$$$

 

Continua após a publicidade

3º Lugar – Oliver

Os sócios Rodrigo Freire e Carlos Guerra preparam há doze anos a mais famosa paella da cidade. O prato pode ser pedido em porções para quatro pessoas, de quinta a domingo, nas versões frutos do mar e bacalhau (R$ 390,00 cada uma) ou valenciana e brasileira (R$ 189,00 cada uma) — essa última à base de carne-seca. De sexta a domingo, somente no almoço, o cliente serve-se à vontade por R$ 98,00. De sobremesa, há tiramisu (R$ 32,00).

Setor de Clubes Esportivos Sul, trecho 2, lote 17, Clube de Golfe de Brasília, (61) 3323-5961 (150 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. somente almoço até 17h). Aberto em 2005. $$$$

 

Bali

Pioneiro na cidade a apresentar um cardápio com sabores e temperos da Indonésia, tem no comando das caçarolas Suhely Lim Chew. São dela receitas javanesas como a do krupuk (R$ 14,00), mandiopã à base de camarão servido de entrada, e do peixe à moda java (R$ 76,00 para dois). Coberto por cebola frita, o tucunaré cozido leva molho de açafrão, leite de coco, gengibre e capim-santo.

410 Sul, bloco D, loja 28, (61) 3443-0490 (300 lugares). 11h30/15h e 18h30/23h (sáb., dom. e feriados, almoço até 16h). Aberto em 1995. $$

 

CRU Balcão Criativo

Sob o comando do peruano Daniel Guerrero, o restaurante dedicado ao preparo de pratos frios ampliou o menu de ceviches. Uma das novidades é o maido (R$ 44,00), de peixe-branco, leche de tigre e creme de coentro com crocante de batata doce. As ostras frescas (R$ 7,00 a unidade), temperadas com sal, limão, molho de pimenta defumado e pimenta-do-reino, permanecem entre os pratos mais pedidos da casa.

Setor de Clubes Esportivos Sul, trecho 2, lote 2, Clube de Golfe de Brasília, (61) 3323-5961 (80  lugares). 19h/0h (fecha dom. e seg). Aberto em 2014. $$

 

Continua após a publicidade

Cuzco Restobar

Une no menu um receituário peruano e japonês. De entrada há ceviche tradicional (R$ 30,00) e sashimi de polvo com creme de azeitona preta (R$ 28,00). Na etapa principal, o lomo saltado leva filé refogado com cebola, tomate, pimentão e batata frita (R$ 45,00). Esses pratos também integram o rodízio (R$ 79,00 por pessoa).

Rua das Pitangueiras, lote 6, Edifício Easy, Águas Claras, (61) 3536-2001 (150 lugares). 16h/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. 12h/16h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$

 

D.O.C. Food & Wine

Aqui o vinho marca presença também nos pratos. É possível abrir uma garrafa do tinto californiano Fox Brook Shiraz 2014 (R$ 114,00) para acompanhar a mesa de queijos com geleia de vinho, azeite e mel (R$ 59,90), ou receber um carré de cordeiro besuntado em redução de merlot com arroz negro (R$ 85,00).

SHIS, QI 21, bloco B, loja B, Edifício Vitrine 21, Lago Sul, (61) 2196-4271 (60 lugares). 12h/0h (dom. e seg. até 16h). Aberto em 2013. $$$$

 

Dom Francisco

Tem uma unidade com sistema de bufê e duas de serviço à la carte. Nesses endereços, o chef Francisco Ansiliero traz para o cardápio seu amplo conhecimento sobre peixes amazônicos, fruto de uma temporada em Rondônia. Um exemplo é o tambaqui preparado na brasa com molho tártaro, que custa R$ 81,70. Outra especialidade é o lombo de bacalhau na brasa (R$ 239,90, para duas pessoas).

402 Sul bloco B lojas 5, 8 e 15, (61) 3224-1634 (100 lugares). 12h/15h30 e 19h/0h (sáb. 12h/0h e dom. 12h/23h). Mais dois endereços. Aberto em 1989. $$$

 

Dudu Bar

A principal casa do império gastronômico do chef e restaurateur Dudu Camargo faz uma mistura de estilos. No salão interno da Asa Sul ou no pavimento superior da unidade chamada de Dudu Bar Lago, o ambiente mais silencioso convida o cliente a experimentar criações pouco convencionais, como o filé ao molho de goiabada cascão ao vinho com risoto de queijo de coalho e cream cheese (R$ 87,00). Na área externa, a happy hour é iniciada com coquetéis — o aperol spritz (R$ 22,90) lidera os pedidos.

303 Sul, bloco A, loja 3, (61) 3323-8082 (150 lugares). 11h30/15h e 18h/1h (sex. e sáb. 12h/2h; dom. 12h/17h). QI 11, bloco I, loja 40/46, Lago Sul, (61) 3248-0184 (200 lugares). 12h/15h e 18h/1h (sex. e sáb. sem intervalo até 2h; dom. sem intervalo até 0h; fecha seg.). Aberto em 2003. $$$$

Continua após a publicidade

 

Fred

Apesar da influência alemã do endereço, o brasileiríssimo picadinho (R$ 94,00 para duas pessoas) é a vedete da casa. A receita chega escoltada por arroz, ovo frito e banana frita. Para quem prefere a cozinha germânica, uma boa pedida é o misto alemão (R$ 98,00, para dois), com joelho de porco cozido, chucrute, batata e salsichas de vitela e suína.

405 Sul, bloco B, loja 10, (61) 3443-1450, (170 lugares). 12h/15h e 19/0h (sáb. 12h/16h e 19h/0h; dom. 12h/16h; seg. 12h/15h) Aberto em 1991. $$

 

Fusion

Na entrada, o cliente encontra o carpaccio cítrico, com molho de mostarda de Dijon, limão e mel, guarnecido de rúcula, parmesão e tortillas (R$ 34,00). Na etapa principal, há um clássico flé-mignon ao molho de vinho, jabuticaba, amora, cravo e canela servido na companhia de arroz cremoso e castanha-do-pará (R$ 71,00), o carro-chefe do menu.

CLSW 300, bloco B, loja 22/24, Sudoeste, (61) 3554-4148 (90 lugares). 12h/15h e 19h/23h30 (dom. só almoço até 16h; fecha seg.). Aberto em 2014. $$$

 

Lake’s

A cozinha expede receitas como o camarão ao creme de trufas com nhoque de batata-baroa (R$ 127,00) e o ravióli de mussarela de búfala ao molho de bacalhau com tomatinhos (R$ 69,00). Para duas pessoas, é boa pedida a picanha fatiada, ladeada por arroz com brócolis e batata rústica (R$ 158,00).

402 Sul, bloco C, loja 15, (61) 3323-1029 (140 lugares). 12h/0h (dom. até 17h30). Aberto em 2003. $$$$

 

Le Birosque

No quiosque aberto somente de sexta a domingo, o chef Luiz Trigo começou despretensiosamente a servir uma porchetta (rocambole de barriga de porco à pururuca) com polenta cremosa (R$ 45,00 individual; R$ 79,00 para duas pessoas). Hoje, o sucesso do prato resulta em um consumo de 600 quilos do corte ao mês. No menu, ainda há arroz goiano com ervilha, milho, azeitona, linguiça caipira, costela e lombo suíno (R$ 75,00 para duas pessoas).

QI 9/10, canteiro central, Quituart, Lago Norte, (61) 98111-9853. 12h/23h (sex.) e 12h/16h (sáb. e dom.); fecha seg. a qui. Aberto em 2015. $$

 

Le Bistrot 207

Diariamente, as sócias Raquel Pacheco e Cristina Kimaid trocam o menu, sempre com três opções de prato mais entrada e sobremesa inclusas no preço. Das pedidas de acento mais francês, o cliente pode encontrar boeuf bourguignon, composto de cubos de carne ao molho de vinho com legumes e acompanhado de arroz de açafrão (R$ 48,00).

Setor Comercial Norte, quadra 1, bloco F, loja 207, Edifício América Offce Tower, (61) 3034-2411 (20 lugares). 12h/15h (fecha dom.). Aberto em 2016. $$

 

Le Jardin du Golf

A cozinha franco-italiana dos chefs Carlos Augusto Veloso e Christine Recch alia técnicas clássicas a ingredientes regionais, a exemplo do confit de pato ao molho de jabuticaba guarnecido de purê de cará (R$ 105,00), um prato dos mais antigos do cardápio. Formada em confeitaria na conceituada Lenôtre, Christine também prepara sorvetes artesanais como o de café com chantili e amêndoas laminadas, que chega à mesa com um shot de café expresso (R$ 26,00).

Setor de Clubes Sul trecho 2 lote 17, (61) 98548-1638 (150 lugares). 12h/0h (sáb. 12h/1h e dom. 12h/17h). Aberto em 2010. $$$

 

Nebbiolo

No menu criado pelos amigos Fabiano Carvalho e Cláudia Gonçalves, há um almoço em três etapas modificado a cada dez dias (R$ 55,00 ou R$ 75,00, com taça de vinho). O cardápio fixo ressalta preparos como o filé suíno empanado com talharim de café ao molho rôti (R$ 57,00).

409 Sul, bloco D, loja 30, (61) 2099-6640. 12h/15h e 19h/0h (dom. até 16h30; fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

 

Noah — Eat Drink Fun

Tem música ao vivo todos os dias, com couvert a R$ 10,00. Carro-chefe, o filé ao molho noah, uma redução de malbec, recebe a escolta de fettuccine ao molho de cogumelo mais crosta de rapadura (R$ 71,00). Para compartilhar, a torre de chocolate leva brownie e chocolate branco (R$ 34,00).

408 Sul, bloco C, loja 31, (61) 3548-7988 (160 lugares). 18h/23h45 (sex. e sáb. até 1h; dom.12h/23h). Aberto em 2016. $$$

 

Nossa Cozinha Bistrô

De entrada, o chef carioca Alexandre Albanese sugere a empanada jamaicana, que recebe adição de curry na massa e guarnição de chutney de fruta (R$ 15,20, a porção com quatro unidades). Da parte do menu com influência americana vem o prato mais pedido: costela suína ao molho barbecue caseiro com batata assada (R$ 39,60).

402 Norte, bloco C, loja 60, (61) 3326-5207 (80 lugares). 11h30/14h30 e 19h30/23h (sáb. almoço até 15h; sex. e sáb. jantar até 0h; fecha dom.). Aberto em 2011. $$

 

Continua após a publicidade

Piantas Bistrô

A casa, que funciona como loja de vinhose restaurante, é liderada por Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, restaurateur que comandou o Piantella por mais de 20 anos. A adega abriga 400 rótulos, com predominância de vinhos do velho mundo, como o português Herdade do Rocim (R$ 125,00), da região do Alentejo, safra 2012. O cliente recebe dicas de harmonização dos vinhos com pratos como o camarão fambado na cachaça (R$ 105,00) ou a costelinha suína assada (R$ 75,00, para duas pessoas), servida com farofa de biscoito.

403 Sul, bloco D, loja 34, (61) 3226-6800, (120 lugares). Loja de vinhos: 9h/0h (fecha dom.). Restaurante: 19h/0h (fecha dom.). Aberto em 2015. $$$

 

Piantella

Os irmãos Roberto, Omar Catito e Jaqueline Peres estão no comando do clássico endereço desde novembro de 2016. Entre os pratos icônicos está o camarão do maître (R$ 124,00), um fettuccine com camarão rosa cozido no próprio molho, servido com azeitonas, tomate, cebola, noz-moscada e pimentões vermelhos em azeite italiano.

202 sul, bloco A, loja 34, (61) 3224-9408 (140 lugares). 12h/15h30 e 19h/0h (dom. 12h/17h). Aberto em 1977. $$$$

 

Roma

Na cozinha desde 1967, o chef Otávio Nunes da Silva foi o responsável por incluir a receita de parmigiana servido em sistema rodízio (R$ 65,60) ou à la carte aos finais de semana (R$ 106,90, para duas pessoas). O filé vem com arroz e fritas, que podem ser substituídos por nhoque, talharim ou espaguete ao sugo. Outro campeão de pedidos, o filé-mignon à francesa (R$ 106,90, para duas pessoas) é grelhado e servido com batata palha, presunto, cebola e ervilhas.

511 Sul bloco B loja 61, (61) 3346.4030 (140 lugares). 11h30/15h e 18h30/0h (sáb. 11h30/17h e 18h30/0h; dom. só almoço 16h30). Aberto em 1960. $$

 

Santé 13

A decoração intimista convida a apreciar os preparos do chef Divino Barbosa, como a entrada de polvo grelhado sobre purê de wassabi (R$ 32,00) e o filé de javali ao molho de cebola com arroz biro-biro (R$ 58,00), entre os principais. Faz sucesso na ala das sobremesas o café santé (R$ 26,00), com creme de baunilha, sorvete de canela, gelatina de café e doce de leite argentino.

413 Norte, bloco A, loja 40, (61) 3037-2132 (80 lugares). 12h/15h e 19h/0h (dom. só almoço até 16h). Aberto em 2012. $$$

 

Saveur Bistrot (SMDB)

O jovem chef Thiago Paraíso, de 26 anos, se especializou na Suíça, mas retornou para a terra natal para montar com três amigos este bistrô que funciona apenas sob reserva. Às quartas, a casa serve menu degustação em cinco (R$ 119,00) ou nove etapas (R$ 159,00). À la carte, sugere costela de javali ao molho de jabuticaba com risoto de queijo de coalho e banana crocante (R$ 79,00).

Setor de Mansões Dom Bosco, conjunto 10, lote 1, Lago Sul, (61) 99116-3211 (40 lugares). 19h30/23h30 (fecha dom. a ter.). Aberto em 2016. $$$$

 

Tropo Restaurant

No lugar da extinta casa de grelhados Metropolis, o restaurateur Raphael Campos investiu em uma experiência mais intimista. Aberto somente para jantar, o ambiente à meia-luz abriga mesas para dois com uma palmeira instalada dentro do salão. O cardápio inclui sugestões como o tiradito de salmão ao molho de laranja mais musse de maracujá (R$ 40,00) e o peito de pato guarnecido de purê de ratatouille, azeite de manjericão, castanha, cacau em pó e redução de vinho tinto com morango (R$ 135,00).

 213 Sul, bloco A, loja 37, (61) 99638-0260 (80 lugares). 19h/23h45 (fecha dom.). Aberto em 2017. $$$$

 

 

ALEMÃES

Fritz

O trio de salsichas (R$ 74,90, para duas pessoas) chega à mesa guarnecido de chucrute e salada de batata. Quem quiser sabo rear o clássico joelho de porco (R$ 39,00, individual) pode escolher a versão frita ou cozida.

404 Sul, bloco D, loja 35, (61) 3223-4622 (100 lugares).  2h/23h (dom. 12h/17h). Aberto em 1980. $$

 

Servus

O bufê de comida germânica e do Leste Europeu custa R$ 50,00 por pessoa e funciona apenas  nos almoços de sábado e domingo. Ali, o cliente encontra quinze pratos como goulash, spätzle, purê de maçã e päprika hahnchen.

DF-140 km 6,2 Rodovia Diogo Machado, (61) 3339-6180 (70 lugares). 12h30/16h (apenas sáb. e dom). Aberto em 2003. $$

 

ÁRABES

Beit Kahama

Para uma refeição mais vigorosa, os principais pedidos recaem sobre a costela bovina desfiada com risoto de trigo (R$ 35,00) e o maklub, refogado de carneiro em cubos com couve-flor, batata, berinjela e arroz (R$ 110,00 para três pessoas).

Continua após a publicidade

QI 9/10, canteiro central, Quituart, Lago Norte, (61) 3368-6309. 18h/0h (sáb. e dom. 11h/18h). Aberto em 1994. $$

 

Empório Árabe

Um dos pratos mais pedidos é o carneiro marroquino desfiado com cebola, noz, arroz de aletria e batata sautée (R$ 46,90, individual; R$ 88,90, para duas pessoas).

Avenida  Castanheiras, 1060, Edifício Vila Mall, loja 24, Águas Claras, (61) 3436-0063 (200 lugares). 10h/0h. 215 Sul, bloco A, loja 3, (61) 3363-3101 (200 lugares). 11h/0h. Aberto em 2005. $$

 

Tayoubi

Entre os pratos mais pedidos figura o mjadra (R$ 20,00), lentilha com arroz e um acompanhamento à escolha: salada, pasta de homus, cafta, picadinho árabe ou charuto. Os clientes também apreciam a porção de falafel (R$ 18,00).

307 Sul, bloco A, loja 25B, (61) 98303-5760 (18 lugares). 7h30/20h (fecha dom.). Aberto em 2016. $

 

Zahia

Carro-chefe da casa, a cafta bovina (R$ 32,00) vem acompanhada de arroz com lentilhas e tabule. Entre os doces, a sugestão é o malabie (R$ 8,00), manjar à base de leite e creme de arroz, aromatizado com miski e água de for de laranjeira.

301 do Sudoeste, bloco B, loja 1 subsolo, (61) 3551-5002 (40 lugares). 12h/22h30 (dom. até 16h). Aberto em 2011. $$

 

COZINHA CONTEMPORÂNEA

EAT Olivae

Com passagens por restaurantes estrelados como o paulistano D.O.M., de Alex Atala, e o peruano Astrid y Gastón, o chef Agenor Maia comanda a casa. O menu inclui receitas como a brasileira parmegiana (R$ 48,00) na versão suína empanada e regada a molho de tomate, ervas, limão­siciliano e queijo boursin escoltada por batatas rústicas com sal e páprica, e o macarrão à carbonara (R$ 47,00), com queijo grana padano, pimenta­do­reino, gema caipira e pancetta.

405 Sul, bloco B, loja 2, (61) 3443-8775(60 lugares). 12h/15h e 19h/23h (dom. só almoço; fecha seg.). Aberto em 2013. $$$

 

Leo Cozinha Contemporânea

Há apenas receitas para compartilhar no menu flutuante do chef Leandro Nunes. Assim, vão à mesa mini-hambúrgueres com creme de queijo gruyère, cebola caramelada, picles de maxixe e barbecue em brioche de açaí (R$ 30,00, duas unidades) e o peito de pato curado com purê de macaxeira em manteiga de garrafa mais nirá e pimenta-macaco (R$ 49,00). É necessário fazer a reserva.

Rua dos Conselheiros, loja 2, Vila Planalto, (61) 3081-0900 (42 lugares). 12h/15h e 19h/23h (sáb. 19h30/23h30; dom. só almoço 12h30/16h). Aberto em 2017. $$$

 

Sallva

Depois de passar por importantes cozinhas de vanguarda como a do El Celler de Can Roca, na Espanha, o chef Lui Veronese assumiu as caçarolas do restaurante. Entre os pratos que o consagraram aqui está o tartare de salmão com tapioca (R$ 49,00) e o ravióli recheado com mussarela de búfala e servido com creme branco, compota de figo e presunto de Parma (R$ 65,00).

QL 10, Lago Sul, (61)3522-4352 (250 lugares). 12h/0h (sex. e. sáb. até 1h e dom. 8h/11h e 12h/0h). Aberto em 2016. $$$$

 

Universal Diner

A chef Mara Alcamim pratica uma culinária de viés contemporâneo, sem deixar de incluir pedidas de jeitão caseiro, como a rabada com agrião e polenta (R$ 69,00), e pratos veganos como o tofu com arroz de abacaxi (R$ 59,00). À noite, a casa ganha ares de balada.

210 Sul, bloco C, loja 18, (61)3443-2089 (150 lugares). 12h/15h e 19h/0h (sáb. sem intervalo; fecha dom.). Aberto em 1997. $$$$

 

FONDUES

Au Fondue

A campeã de pedidos é a sequência de fondues de queijo, carne bovina e frango, acompanhada de molhos preparados na casa, batata rosti e chocolate com frutas. O local oferece o sistema de rodízio (domingo a quinta por R$ 79,90; sexta e sábado, R$ 89,90). À la carte, a fondue de camarão sai por R$ 150,00 (para duas pessoas).

Lago Sul, QI 7, comércio local 10, bloco B, loja 30, (61) 3248-3061 (120 lugares). 19h/0h (sex. e sáb. até 1h). Aberto em 1992. $$

 

La Bonne Fondue

Continua após a publicidade

No cardápio, o festival tradicional (R$ 82,50 por pessoa) inclui três fondues: de queijos gruyère e emmental com batata e baguete; de carnes como filé-mignon, filé de frango e lombo suíno com cinco molhos; e de frutas com chocolates branco e preto ou caramelo.

Setor de Clubes Esportivos Sul, trecho 2, conjunto 12, loja 4, (61) 3223-0005 (200 lugares). 19h/0h (dom. 19h/23h). Aberto em 2010. $$

 

INDIANOS

Indian House

Culinária Indiana & Bar Deepak Raylewar trocou a capital indiana pela brasileira em 2013 para trabalhar com cinema, mas acabou na cozinha ao lado de três conterrâneos. Um dos pratos típicos da casa é o thali de cordeiro, um curry servido em cumbuca sobre bandeja de prata ao lado de grão-de-bico, legumes, samosa (pastel com recheio de batata) e sobremesa do dia, que pode ser arroz-doce (R$ 49,00).

109 Norte, bloco A, loja 70, (61) 3256-7204 (44 lugares). 11h/16h e 18h/1h (fecha seg.). Aberto em 2017. $$

 

Namaste Brasília

O antigo Taj Mahal, que funcionou numa área rural do Paranoá, agora está na Vila Planalto rebatizado e com o mesmo cardápio. Qualquer prato acompanha samosa e sobremesa, a exemplo do gulab jamun (bolinha frita à base de leite em pó com especiarias). Entre as especialidades da casa, há cordeiro masala (R$ 43,00) refogado com tomate, cebola e temperos indianos, escoltado por raita (creme de iogurte com pepino), arroz, legumes, grão-de-bico, pão chapati, chutney de manga e molhos de tamarindo e pimenta.

Avenida Belém, lote 16, Vila Planalto, (61) 99827-2724 (30 lugares). 11h30/16h (fecha seg.). Aberto em 2017. $

 

Piauíndia

O casal de chefs Evandro Viana e Nicole Magalhães uniu sabores indianos a piauienses. Exemplo dessa mistura inusitada é o carré bhuja (R$ 48,00), carré de cordeiro cozido ao molho de açafrão e especiarias, que pode ser acompanhado de arroz com carne seca, chamado no Piauí de maria isabel.

Acampamento Pacheco Fernandes, rua 9, casa 2, Vila Planalto, (61) 3574-4234 (88 lugares). 11h/23h (dom. 11h/17h; fecha seg.). Aberto em 2015. $$

 

Continua após a publicidade

Ashram Zen Lounge e Cozinha Indiana

No início, o cardápio tinha apenas opções vegetarianas, mas logo cedeu espaço para receitas como chicken curry, ensopado de frango (R$ 35,00). O goulab jamun (R$ 12,00), bolinhas de semolina com calda de rosas, encerram a refeição. A casa também funciona em sistema de bufê à vontade (R$ 59,90) ou a quilo (R$ 39,90).

103 Norte bloco A loja 52, (61) 98187-1624, (80 lugares). 12h/16h (ter. a dom.). Aberto em 2015. $$

 

MEDITERRÂNEO

Dona Lenha

A casa completa vinte anos de uma história que começou em uma pequena pizzaria. Com o tempo, o chef Paulo Mello diversificou o menu, sem deixar de lado a pizza margherita (R$ 35,00 a individual). Hoje, um dos pratos mais representativos é o peixe branco assado em forno a lenha com azeite de limão, molho de alcachofra e arroz negro (R$ 53,00). No jantar, o festival de tapas reúne dezenove petiscos servidos em sistema de rodízio (R$ 49,00).

202 Sul, bloco C, loja 36, (61) 3322-1234 (90 lugares). 12h/0h (dom. até 23h). Mais três endereços. Aberto em 1997. $$$

 

MEXICANO

El Paso

O chef peruano David Lechtig comanda a cozinha dedicada aos sabores mexicanos. O bufê é oferecido no almoço em todas as unidades (R$ 46,90 por pessoa, de terça a quinta, e R$ 51,90, de sexta a domingo). O cliente tem mais de dez receitas à escolha, como ají de camarones, arroz chaufa, burritos e costelinha de porco ao molho barbecue. No jantar, os pratos são servidos à la carte (exceto às quartas e quintas, quando há bufê por R$ 45,90).

404 Sul, bloco C, loja 19, (61) 3323-4618 (240 lugares). 12h/15h e 18h/0h (sex. e sáb. almoço até 16h e jantar até 0h30; dom. almoço até 16h e jantar até 23h; fecha seg.). Mais dois endereços. Aberto em 1995. $$$

 

NATURAIS

A Tribo

O restaurante, comandado pela sulafricana Natacha Franco, apresenta trinta opções de prato, aquecidas em panelas de barro e dispostas num bufê (R$ 62,90, de terça a sexta; R$ 65,90, aos sábados e domingos). A receita mais popular é o acarajé vegano, preparado com feijão-fradinho e recheado de pimentão, açafrão, gengibre, leite de coco e pimenta. A pescada-amarela assada e o bacalhau de natas, servido sempre aos domingos, também fazem sucesso.

105 Norte, bloco B, lojas 52/59, (61) 3039-6430 (110 lugares). 11h30/15h (sáb. e dom. 12h/15h30). Aberto em 2001. $$

 

duoO

No restaurante, comandado por Nicolas Fujimoto, a cozinha funcional ganha novos sabores. A biomassa de banana verde destaca-se em receitas como o filé interfolhado (R$ 54,00), que leva shiitake, molho de mostarda, purê rústico de batata e gengibre sem lactose. Celíacos e alérgicos também encontram opções no menu. À noite, servem-se ainda pizzas como a caleidoscópio (R$ 73,00), de calabresa, pesto de brócolis e manjericão, mussarela sem lactose, alho-poró e orégano.

Continua após a publicidade

103 Sul, bloco C, loja 36, (61) 3224-1515 (70 lugares). 12h/15h e 19h/23h. Aberto em 2014. $$

 

Flor de Lótus

Focada na culinária natural, a casa oferece quinze opções de salada e pratos quentes, que podem variar de acordo com o dia da semana. Na sexta-feira, por exemplo, encontra-se salmão assado. A torta de legumes sem glúten aparece com frequência, ao lado de acompanhamentos como tofu grelhado e arroz com lentilha. O quilo da refeição custa R$ 64,90.

102 Norte, bloco A, loja 48, (61) 3326-9763 (100 lugares). 11h/15h (fecha dom.). Aberto em 1991. $

 

Naturetto

Móveis de madeira de demolição decoram o ambiente do estabelecimento na Asa Norte. O bufê servido no almoço (R$ 54,90 o quilo) tem quinze variedades de pratos quentes. Marcam presença o escondidinho de bacalhau com batata-baroa, a torta integral de banana e os purês de mandioquinha e batata-doce sem lactose. A outra unidade, na Asa Sul, tem rodízio de pizzas (R$ 32,00) e bufê de massas (R$ 27,90) ou caldos (R$ 21,00).

405 Norte, bloco C, loja 55, (61) 3201-6223 (200 lugares). 11h30/15h e 18h30/22h (sáb. e dom. 11h30/16h); 403 Sul, bloco C, loja 22, (61) 3321-6546 (200 lugares). 11h30/15h e 18h30/23h (sáb. e dom. 11h30/16h e 18h/0h). Aberto em 1995. $

 

 

PORTUGUESES

Dalí Camões

O restaurante de ambiente executivo contempla no menu ícones das cozinhas espanhola e portuguesa. O bacalhau à gomes de sá (R$ 92,00) lidera os pedidos e chega à mesa em lascas no azeite com alho, cebola, batata, azeitonas verdes e salsinha.

Setor Hoteleiro Sul, quadra 6, bloco B, 1º andar, Complexo Brasil 21, (61) 3039-8156 (120 lugares). 12h/15h e 19h/23h (fecha domingo). Aberto em 2013. $$

 

Sagres

A chef portuguesa Olga Soares serve clássicos como a sardinha assada em brasa (R$ 52,00) e o bacalhau à lagareiro (R$ 188,00 para duas pessoas), com a posta assada em azeite com batata ao murro, ovos, azeitonas pretas, coberta com alho dourado e salsa. Também faz sucesso o polvo grelhado à bagoeira (R$ 198,00 para duas pessoas), acompanhado de batatas ao murro, brócolis, ovos cozidos e azeitonas pretas.

316 Norte, bloco E, lojas 24/28, (61) 3347-2234 (60 lugares). 11h30/23h30 (dom. até 18h; fecha seg.). Aberto em 1995. $$$

 

Tejo

Um dos criadores da rede Antiquarius, o português Manuel Pires migrou do Rio de Janeiro para Brasília e abriu por aqui uma casa também dedicada aos clássicos lusitanos. Como entrada, a opção preferida pela clientela é a surpresinha de bacalhau (R$ 16,00), um disco à base de mandioca, recheado com o peixe desfiado, hortelã e couve crocante frita em azeite. Quem quiser fugir do convencional poderá optar pelo arroz de pato com azeitonas (R$ 76,00, individual).

404/405 Sul, bloco B loja 27, (61) 3264-7005 (90 lugares). 12h/15h e 17h/23h (sex. e sáb. 12h/16h e 19h/0h; dom. só almoço 12h/17h; fecha seg). Aberto em 2015. $$$

 

COREANO

Happy House

Por quase duas décadas, a casa se limitou a servir um bufê variado de cozinha brasileira (R$ 43,90 o quilo; R$ 36,00 no sábado). Desde 2013, serve à la carte pratos coreanos como gun mandoo (R$ 30,00), porção com pasteis fritos de carne suína, gengibre mais nirá, e bibim bap (R$ 45,00), arroz, tiras de carne, cogumelo e legumes temperados com pimenta-vermelha e coroados com ovo frito.

Venâncio Shopping, (61) 3322-0177 (16 lugares). 11h/19h (sáb. até 15h30; fecha dom.). Aberto em 1997. $

 

PERUANO

El Point Peruano

Da cozinha envidraçada do chef Dandy Abadie Chero (ele pediu para incluir a outra sócia Bertha Atoche Lizama. Ele fica mais no salão, os chefs são Felix Sarro Merino e André Negron Abadie) saem pratos como o arroz chaufa, nas versões com camarão, polvo, lula e mexilhão (R$ 50,00), filé-mignon (R$ 40,00) ou frango (R$ 35,00), salteados na wok. Para beber, a casa oferece o típico drinque pisco sour (R$ 25,00), preparado com clara de ovo, limão e angostura, e a chicha morada (R$ 6,00), suco peruano à base de milho roxo.

Shopping Deck Brasil, (61) 3526-1525 e 98410-1743. 12h/23h. Aberto em 2015.  $$

Publicidade