Clique e assine a partir de 9,90/mês

Fundo de Quintal é o melhor bar para ir a dois em Cuiabá

O clima caseiro e intimista do lugar rende o primeiro prêmio ao estabelecimento

Por Mirela Mazzola - Atualizado em 18 Feb 2019, 15h53 - Publicado em 27 Apr 2018, 01h00

Basta adentrar a casa da família Herane para descobrir que se trata de um espaço na medida para casais. O corredor, estreito e pouco iluminado, descortina o quintal, com algumas aves, e, em seguida, o pátio aconchegante, pontuado por árvores e lamparinas coloridas. A edícula, decorada com móveis e objetos garimpados pelos proprietários, faz as vezes de balcão e caixa. Enquanto Edwin e Rafael Herane, pai e filho, cuidam do atendimento e do som ambiente — movido a MPB e samba de raiz, entre outros ritmos —, Nilzis, a mãe, reina na cozinha. O menu criado por ela tem fôlego de restaurante regional e lista pratos como o revirado, com arroz, dois ovos fritos e banana frita (R$ 65,00, para dois), e o maria-isabel, que traz farofa de banana e salada de alface, tomate e cebola (R$ 75,00, para dois). A costelinha de porco frita com mandioca cozida (R$ 37,00) e o croquete de mandioca misto, com recheios de carne e de queijo (R$ 35,00, dez unidades), são boas opções para dividir. Para bebericar enquanto se petisca ou bate papo ao pé do ouvido, há cerveja de garrafa (R$ 10,40 a Brahma) e uma enxuta carta de drinques. Entre os mais pedidos estão a caipirosca de maracujá (R$ 14,00) e a caipirinha de caju com cachaça Seleta (R$ 16,00), disponível somente na época da fruta. Rua Estevão de Mendonça, 1139, Quilombo, 99974-7742 (100 lugares). 18h/0h (fecha dom.). Aberto em 2006.

Confira o segundo e o terceiro colocados:

2º lugar: Mundaréo

Premiada na categoria pela segunda vez, a casa mantém uma programação eclética, que passeia por MPB, rock, R&B, além de outros ritmos internacionais — a exceção fica para a música sertaneja. Para curtir o som, que começa por volta das 20h às terças, quartas e domingos e das 21h de quinta a sábado, a clientela se acomoda na área externa avarandada, com parte das mesas disposta sob uma frondosa árvore. Quem faz a curadoria musical são os proprietários Adston Arantes, o Júnior, e Marcos César Monterozorio, que, muitas vezes, acabam se tornando amigos dos artistas. A propósito, algumas atrações fixas batizam drinques da carta. É o caso do cantor Tom Wagner, cuja homenagem etílica leva vodca, suco de laranja, gengibre e açúcar mascavo (R$ 22,00). Para quem prefere cerveja, o cardápio lista 1500 Puro Malte (R$ 9,50), Estrella Galicia (R$ 11,00) e Itaipava Premium (R$ 10,50). Na relação de comes, há pratos de inspiração asiática, como o combinado de dezenove peças de sushi e sashimi (R$ 57,00) e o tay chicken, frango frito com tempero tailandês à base de mel, pimenta e gergelim (R$ 40,00). Rua Doutor Lima Avelino, 192, Jardim Primavera, 3365-5143 (200 lugares). 18h/1h (qui. a sáb. 17h30/2h30; fecha seg.). Couvert artístico: R$ 8,00. Aberto em 2013.

Continua após a publicidade

3º lugar: Varadero Bar e Restô

Apesar da temática cubana, esse misto de bar e restaurante não se prende à culinária do país da América Central. Entre os comes, o carro-chefe ali é o filé de pintado grelhado com uva-passa e mel (R$ 76,00). Para brindar, são imbatíveis as caipirinhas, preparadas em cerca de quarenta versões. A chamada moreninha, por exemplo, leva limões siciliano e taiti, açúcar mascavo e cachaça Sagatiba (R$ 16,90). Rua Castelo Branco, 898, Quilombo. 3027-5001. 11h às 16h e 18h30 às 2h (dom. só almoço). 278 lugares. Aberto em 2014.

Publicidade