Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Penny Marshall, diretora de ‘Quero Ser Grande’

Americana foi a primeira mulher a comandar um filme que arrecadou mais de 100 milhões de dólares nos Estados Unidos

Morreu a diretora, atriz e comediante Penny Marshall, aos 75 anos. Segundo o site da revista The Hollywood Reporter, ela morreu na noite de segunda-feira (17), em sua casa em Hollywood, por complicações da diabetes.

Penny foi a estrela da série de sucesso da TV americana Laverne & Shirley (1976-1983), junto com a atriz Cindy Williams. A produção era derivada da sitcom Happy Days, criada por seu irmão mais velho, o diretor e produtor Garry Marshall (de Uma Linda Mulher e O Diário da Princesa), morto em 2016.

Robert Loggia e Tom Hanks em 'Quero Ser Grande' Robert Loggia e Tom Hanks em ‘Quero Ser Grande’

Robert Loggia e Tom Hanks em ‘Quero Ser Grande’ (//Divulgação)

A americana se destacou ainda como diretora. Comandou, por exemplo, Salve-me Quem Puder (1986), protagonizado por Whoopi Goldberg, e Quero Ser Grande (1988), estrelado por Tom Hanks – e o primeiro longa dirigido por uma mulher a arrecadar mais de 100 milhões de dólares nos Estados Unidos.

Outro filme comandado por ela, Uma Equipe Muito Especial (1992), também foi protagonizado por Hanks e superou a marca de 100 milhões de dólares em bilheteria no país americano. Já com Tempo de Despertar (1990), Penny se tornou a segunda mulher na história a ter dirigido um filme indicado ao prêmio principal do Oscar.

Mais recentemente, dirigiu episódios de United States of Tara e O Jim É Assim e, como atriz, participou das séries The Odd Couple, Mulaney e Murder Police.