Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre a socialite Carmen Mayrink Veiga

Considerada uma das mulheres mais bem-vestidas do mundo, a socialite Carmen Mayrink Veiga faleceu em sua casa, no Rio de Janeiro

A socialite Carmen Mayrink Veiga morreu na tarde de domingo, aos 88 anos, em casa, no Rio de Janeiro. Carmen sofria de paraparesia espástica tropical. Por causa da doença, ela se locomovia em uma cadeira de rodas há quatro anos. A família ainda não confirmou o horário do velório, que acontecerá na mesma cidade.

Conhecida pelo glamour e elegância, a socialite foi retratada ao longo da vida por artistas como Di Cavalcanti e Andy Warhol. Em 1997, ainda lançou o livro ABC de Carmen, em que dava dicas sobre comportamento, vida social e até culinária. Ela ainda foi a única brasileira a ser citada na biografia oficial do estilista Yves Saint Laurent.

Carmen Therezinha Solbiati nasceu em 24 de abril de 1929, em Pirajuí, interior de São Paulo. Filha de Maria de Lourdes de Lacerda Guimarães e Enéas Solbiati, era neta do Barão de Arari e sobrinha-neta do Barão de Araras. Seu pai foi cônsul honorário do Reino da Itália.

Era viúva do empresário Tony Mayrink Veiga, com quem se casou em 1956, e teve dois filhos, Antenor e Tereza Antônia. Tony faleceu em junho do ano passado.

Tony e Carmen foram considerados o “o casal mais chique da América do Sul” por Truman Capote, Diana Vreeland e Anna Wintour, em publicação da Vogue americana. Segundo a revista Vanity Fair, de 1981, ela era uma das mulheres mais bem-vestidas do mundo.

O casal esbanjava não só elegância nos tapetes vermelhos ao redor do mundo mas também dinheiro. De acordo com a coluna Radar, na década de 80, o marido de Carmen Mayrink Veiga comprou o Aston Martin V8 para dirigir em suas estadas em Paris. Usou e acabou abandonando o veículo em um castelo francês. Ninguém da família Mayrink Veiga foi atrás do veículo, que acabou leiloado em Londres, em janeiro deste ano, pelo equivalente a 384 470 reais. Nos últimos anos, Carmen vivia em seu conhecido apartamento com vista para o Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro.

A filha Antonia Frering publicou uma foto da mãe no Instagram com a legenda de um coração partido.

View this post on Instagram

💔

A post shared by Antonia Mayrink Veiga Frering (@antoniafrering) on

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. wilson de souza lima

    Eu mal sabia que essas tais socialites, pelo tanto que se exibem, também morrem um dia.

    Curtir

  2. wilson de souza lima

    Eu mal sabia que essas tais socialites, pelo tanto que se exibem, também morrem um dia.

    Curtir

  3. wilson de souza lima

    E aposto que elas também duvidam de que vão morrer!

    Curtir

  4. Nunca houve uma brasileira como Carmen. Eternamente um ícone de beleza, glamour e elegância.

    Curtir

  5. wilson de souza lima

    Pois é. E os cemitérios mundo afora estão repletos desses e dessas que foram ícones de beleza, glamour e elegância.

    Curtir