Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

J.K. Rowling acusa assistente de roubo e gasto indevido em velas e gatos

Autora de 'Harry Potter' diz que Amanda Donaldson usou um cartão de crédito seu para comprar objetos pessoais

J.K. Rowling abriu processo contra sua ex-assistente pessoal, Amanda Donaldson, acusando-a de roubo e de uso indevido de um cartão de crédito, segundo a BBC. O processo detalha que o gasto indevido e os objetos roubados somam quase 24.000 libras (118.000 reais, aproximadamente). Amanda trabalhou com a escritora de Harry Potter entre fevereiro de 2014 e abril de 2017, quando foi demitida.

De acordo com o processo, a assistente estava autorizada a utilizar o cartão de crédito para fazer compras para a autora. O site da revista Entertainment Weekly afirma, porém, que Amanda usou o cartão para seu próprio benefício, em lojas de maquiagem (gasto de 3.629 libras, quase 18.000 reais), velas (1.482 libras, aproximadamente 7.300 reais) confeitarias (823 libras, ou 4.000 reais) e até para comprar dois gatos (1.200 libras, cerca de 5.900 reais).

A assistente ainda é acusada de ter roubado objetos da saga Harry Potter da escritora, como um trem Hogwarts Express em miniatura motorizado, e moeda estrangeira que estava em um cofre ao qual ela tinha acesso. Amanda nega a acusação.