Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Harvey Weinstein é acusado de abusar de modelo de 16 anos em novo processo

Caso revelado pela polonesa Jane Doe teria acontecido em 2002, em Nova York

O produtor americano Harvey Weinstein recebeu mais uma acusação de abuso sexual na última quarta-feira. De acordo com a revista The Hollywood Reporter, uma modelo polonesa identificada como Jane Doe registrou a acusação na corte civil sobre o caso, que teria acontecido no ano de 2002 em Nova York, quando ela tinha 16 anos.

Segundo Jane, Weinstein a conheceu em um evento de moda e dias depois a convidou para um almoço, em que discutiriam a carreira da modelo. O produtor, no entanto, a levou para o próprio apartamento e a tratou “de forma agressiva e ameaçadora”, segundo o processo. Ele é acusado de ter obrigado a jovem a tirar a roupa e tocar em seu pênis, afirmando que ela nunca conseguiria empregos como atriz, se não atendesse às ordens.

O processo ainda indica que Weinstein continuou ligando para Jane a cada duas semanas, após o caso. Ele afirmava que era a única pessoa que poderia ajudá-la com a carreira de atriz. Alguns anos depois, o produtor tentou entrar no apartamento da modelo, mas foi barrado pelos seguranças do edifício.

Desde o ano passado, Weinstein já foi acusado de assédio e abuso sexual por dezenas de mulheres de Hollywood. Agora, Jane Doe se junta no processo judicial que já conta com o nome de outras dez acusadoras do produtor americano. O advogado de Weinstein, Benjamin Brafman, negou que o caso tenha ocorrido e declarou: “Eventualmente, da mesma forma que outras acusações já foram comprovadas como mentirosas, essa alegação não corroborada que tem quase vinte anos será descoberta como notoriamente falsa”.