Clique e assine a partir de 9,90/mês

Grammy 2017: Adele interrompe e recomeça tributo a George Michael

Britânica chegou a falar palavrão ao parar 'Fast Love' e se justificou: 'Não quero fazer mal feito'

Por Da redação - Atualizado em 13 Feb 2017, 14h24 - Publicado em 13 Feb 2017, 01h15

Ainda sob a sombra do erro cometido no ano passado, quando, depois de um problema com o microfone, acabou desafinando no palco do Grammy, a britânica Adele pediu para começar de novo uma homenagem a George Michael, morto no fim de 2016. Adele interrompeu a performance-tributo de Fast Love logo no início, soltou um palavrão e pediu para fazer tudo de novo. Visivelmente emocionada, disse que não queria estragar tudo — e foi atendida.  “I can’t mess it up for him”, disse.

https://www.facebook.com/peoplemag/videos/10155345472373132/

 

Depois de Adele, entraram no palco Metallica e Lady Gaga. O microfone de James Hetfield não funcionou e o cantor precisou dividir o de Gaga.

Continua após a publicidade

Seja como for, a atitude foi bem recebida:

 

 

Publicidade