Fernanda Montenegro aciona Facebook após ataques de ódio

Atriz publicou uma mensagem curta em defesa da liberdade artística e recebeu uma avalanche de comentários agressivos. Site se limitou a sugerir bloqueio

Por Maria Carolina Maia - Atualizado em 1 nov 2017, 15h24 - Publicado em 1 nov 2017, 10h39

A atriz Fernanda Montenegro, 88, se tornou o novo alvo dos haters que usam a internet para pedir boicote a exposições, caso da Queermuseu, abreviada em Porto Alegre depois da ação de grupos conservadores como o MBL (Movimento Brasil Livre), e para atacar artistas como Caetano Veloso, que acaba de vencer o mesmo MBL e o ator Alexandre Frota na Justiça em um processo por difamação. Em meio à oposição que artes e artistas vêm sofrendo, Fernanda usou o seu perfil oficial no Facebook para defender a liberdade de expressão com uma mensagem de pouco mais de uma linha. Foi o que bastou para receber uma enxurrada de comentários agressivos, muitos impublicáveis.

“Meu protesto a respeito de qualquer censura à expressão da arte no Brasil”, diz a publicação, feita em 20 de setembro pela equipe da atriz que administra a sua página. A própria Fernanda não é dada às redes sociais. O tom dos comentários – de ameaça à vida da atriz e marcado por palavras de baixo calão – levou a equipe de Fernanda Montenegro a acionar o Facebook, usando a ferramenta de denúncia disponibilizada no próprio site.

“Tomamos as providências conforme o regulamento do site. Mandamos prints das ameaças. A resposta que o Facebook nos deu foi que as pessoas não ultrapassaram nenhuma linha, não cometeram nenhum pecado ao usar palavras de morte. O Facebook nos orientou a bloquear esses usuários, que continuam na rede”, diz Carmen Mello, produtora de Fernanda Montenegro. Ao menos a princípio, diz Carmen, a atriz descarta ir à Justiça.

Publicidade
Exemplo ‘leve’ de ataque à atriz Fernanda Montenegro no Facebook

Exemplo ‘leve’ de ataque à atriz Fernanda Montenegro no Facebook Reprodução/Facebook

Embora essa seja uma das publicações mais atacadas na página oficial da atriz, não é a única em que Fernanda Montenegro se posiciona a favor das artes e contra o alarido crítico que vem ganhando corpo de setembro para cá. Considerada a grande dama do teatro brasileiro, com um Emmy Internacional pela série Doce de Mãe e uma indicação ao Oscar pelo filme Central do Brasil, Fernanda Montenegro passou a ser malvista por uma parcela do público desde que falou em “desacovardamento” em um vídeo do movimento 342Artes, que defende a liberdade artística.

Publicidade

A atriz, no entanto, segue firme em sua defesa das artes. Na noite desta terça-feira, publicou um clipe de imagens de espetáculos do Teatro Oficina. O teatro, que tem como diretor e figura central o dramaturgo José Celso Martinez Corrêa, luta contra o projeto do empresário e apresentador Silvio Santos de construir torres residenciais de mais de 100 metros de altura em seu entorno, que põem em risco a integridade do projeto arquitetônico de Lina Bo Bardi. A arquiteta, que morreu antes da reinauguração do teatro, previa um parque cultural ao redor.

Publicidade