Morreu Walter Mercado, o homem do bordão ‘ligue djá’

O astrólogo estava internado num hospital de San Juan, cidade de sua Porto Rico natal. Ele tinha 87 anos e seus anúncios fizeram sucesso na TV nos anos 90

Por Da Redação - Atualizado em 3 nov 2019, 17h40 - Publicado em 3 nov 2019, 17h04

 

Conhecido pelo bordão “ligue djá”, o astrólogo Walter Mercado Salinas, o Walter Mercado, morreu na noite de sábado em Porto Rico. Ele tinha 87 anos e estava internado no hospital Auxilio Mutuo, na cidade de San Juan. Mercado não resistiu a uma falência renal. A morte do futurólogo foi confirmada pelo seu assessor, Omar Matos, numa entrevista para o canal de televisão portoriquenho Telemundo.

Mercado nasceu em Ponce, cidade de Porto Rico, e trabalhou brevemente em emissoras de televisão do Caribe antes de ser mudar para o sul da Flórida. Ali, tornou-se uma figura famosa ao apresentar um segmento diário de horóscopo na TV local com roupas e capas espalhafatosas e bordãos como “acima de tudo, muito e muito amor.” Embora ele nunca tenha falado abertamente sobre sua sexualidade, o astrólogo era um ícone da comunidade gay. “Ele confere à drag queen uma autoridade papal”, escreveu Diane Taylor, professora da Escola Tisch de Artes Cênicas da Universidade de Nova York.

Walter Mercado ficou conhecido no Brasil na década de 90, quando aparecia em campanhas publicitárias para anunciar seu serviço de consultas astrológicas. O bordão “ligue djá” virou tão popular que batizou uma banda de rock. O ator e diretor Miguel Fallabela “encarnou” Mercado num episódio do humorístico Sai de Baixo. Em agosto, seu programa de televisão comemorou 50 anos de exibição e ele ganhou uma exposição no Museu de História de Miami com seus figurinos, adereços, joias, objetos pessoais e até um busto em tamanho real.

Publicidade

A saúde de Mercado começou a deteriorar em 2011. Em dezembro daquele ano, ele foi internado com resfriado que logo passou para uma pneumonia. Mais tarde, revelou-se que ele tinha sofrido um ataque cardíaco. Sua última aparição na TV brasileira se deu em 2016, quando foi entrevistado por Gugu Liberato. Na ocasião, ele disse ser “assexuado” e se recusou a falar sua verdadeira idade.

Publicidade