Clique e assine a partir de 9,90/mês

Caetano Veloso defende liberação da maconha — e todas as drogas

Cantor foi entrevistado pela esposa e empresária Paula Lavigne, que já havia defendido a legalização da erva no Brasil

Por Redação - Atualizado em 18 ago 2018, 14h35 - Publicado em 9 mar 2017, 11h22

Depois de fazer uma defesa da descriminalização da maconha pelo Instagram, a produtora e empresária Paula Lavigne colocou o marido, Caetano Veloso, para engrossar a campanha na rede social. Em novo vídeo feito por Paula, Caetano diz detestar o efeito da Cannabis, mas ser a favor não só de sua liberação, como da legalização de todas as drogas.

Logo no início do vídeo, Paula pergunta se Caetano fuma maconha. “Não, Deus me livre, tenho horror a maconha. A sensação que me provoca é péssima. Experimentei nos anos 60 e, odiei, detestei… Mas eu sou a favor da liberação e legalização da maconha, aliás, de todas as drogas”, diz o cantor, que está em Montevidéu como parte de sua turnê sul-americana ao lado da sambista Teresa Cristina.

Antes, Paula havia postado um vídeo em que defendia o uso de maconha, da mesma forma como ocorre no Uruguai. “Estamos aqui na rua em Montevidéu com um baseado na mão, superlegalizado, sem problema nenhum, coisa que a gente tem que fazer no Brasil”, comentou, ao lado do amigo Tino Moretti. “A gente tem que descriminalizar a maconha no Brasil para abrir vagas nos presídios para os políticos. Se não a gente não vai ter vaga. Lugar de maconheiro não é na prisão…”

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

+ polêmica🙋🏽 @caetanoveloso não bebe, não fuma, não usa droga nenhuma e é mais radical q eu qnto a liberação das drogas! Espero q a gente possa ter uma discussão de nível, ninguém precisa concordar com ninguém, e as redes sociais deveriam ser usadas pra elevar o nível da conversa e não baixar. Vamos tentar? #legalizejá #Bomdebate #peladescriminalizaçãodamaconha #caetanoveloso ❤👈🏽

A post shared by Paula Lavigne (@paulalavigne) on

Publicidade