Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atriz critica funk de Jojo Toddynho: ‘A gente quer paz’

Ex-estrela da 'Malhação' levou a público sua preocupação com a repercussão da música 'Que Tiro Foi Esse?'

A atriz Joana Balaguer fez um desabafo no Instagram sobre a repercussão do funk Que Tiro Foi Esse?, de Jojo Maronttinni, conhecida também como Jojo Toddynho. A música viralizou na internet nas primeiras semanas de 2018 com vídeos de fãs fingindo tomar tiros durante o refrão da faixa. Famosos como Luciano Huck e Bruno Gagliasso — junto a esposa, Giovanna Ewbank, e a filha Titi — entraram na brincadeira, considerada de péssimo gosto por Joana.

Em vídeo publicado no Stories (ferramenta da rede social que publica conteúdos por apenas 24 horas), a brasileira chamou a atenção para o apelo ao porte de armas e tiroteios em um momento de grande violência no Brasil. “Imagina as festas infantis todo mundo dando tiro e fingindo que tá morrendo?”, criticou. Atualmente, a atriz, que co-protagonizou a novela Malhação entre 2005 e 2006, mora em Portugal com o marido e os filhos.

Diante da repercussão de seus comentários, Joana voltou a falar a respeito do funk em outro vídeo do stories: “Não tenho nada contra a música, muito pelo contrário. Acho que a música fica, é viral, é animada, e tem aquela coisa do brasileiro de dançar”, explicou. “Estão me falando que é tiro de amor, tipo que ‘chegou lacrando’, só que o que me incomodou não é a música — mas os vídeos das pessoas fingindo que estão morrendo, levando um tiro.”

“Eu fico imaginando os pais que perderam filhos ou entes queridos por bala perdida, por algum tiro, e veem pessoas assim, levando tiro quando a gente quer paz, a gente não quer arma, não quer nada”, prosseguiu.

Por fim, a atriz tentou pôr panos quentes na polêmica: “Página virada. Tenho certeza que vai ser um sucesso no Carnaval essa música. Mas se é tiro de ‘lacrando’, não vamos fazer como se estivesse morrendo. Vamos dançar!”

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. VERDE e AMARELO

    Cadê a musica arte? Foi assassinada por essa esquerda…

    Curtir