Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Termina paralisação de professores no DF

Docentes entraram em greve no 1º dia do ano letivo, na segunda

Em assembleia realizada nesta sexta-feira, os professores da rede pública do Distrito Federal (DF) decidiram terminar a greve que começou na segunda-feira passada, quando começaria o ano letivo nas escolas. Os docentes receberam nova proposta do governo do DF e, depois de uma votação acirrada, os docentes resolveram retornar ao trabalho na próxima segunda, dia 2 de março. Ainda assim, a categoria marcou outra assembleia para 9 de abril.

Os professores cruzaram os braços por não terem recebido benefícios como abono de férias e décimo terceiro salários no ano passado. Os valores somam quase 200 milhões de reais. Do total, 35 milhões reais já foram pagos e mais 35 milhões de reais serão pagos ainda neste mês.

Segundo o Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF), uma comissão de professores se reuniu com o governador Rodrigo Rolemberg (PSB), quando foi discutida a proposta. O governo prometeu quitar toda a divida até o dia 30 de abril. Caso haja condições financeiras, antecipará a quitação total dos pagamentos atrasados para março de 2015. A proposta ainda promete não descontar do salário dos docentes os dias em que permaneceram parados, desde que haja reposição das aulas.

(Com Agência Brasil)