Clique e assine a partir de 9,90/mês

Inep divulga regras de inscrição do Enem 2020

Pandemia do coronavírus não deve adiar a realização da prova, que este ano conta com opção digital

Por Maria Clara Vieira - Atualizado em 31 mar 2020, 19h25 - Publicado em 31 mar 2020, 13h38

Em meio à crise do coronavírus, que suspendeu as aulas de mais de 38 milhões de alunos da rede pública, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira, 31, as regras para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Este ano a prova será aplicada nas versões impressa e digital — o candidato deve escolher o modelo no momento da inscrição. Mesmo com as alterações no ano letivo dos estados (em São Paulo, por exemplo, as aulas só serão retomadas em 22 de abril), as datas das provas foram mantidas: 11 e 18 de outubro para quem optar pelo online, e 1ª e 8 de novembro para os que preferirem os cadernos de questões. Em seu Twitter, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, insistiu que os estudantes continuem a se preparar, “ainda que em casa”.

ASSINE VEJA

Coronavírus: a salvação pela ciência
Coronavírus: a salvação pela ciência Enquanto os melhores laboratórios do mundo entram em uma luta bilionária contra a doença, países trazem experiências bem-sucedidas para que a vida e a economia voltem à normalidade
Clique e Assine

As inscrições para a prova digital estão limitas a 100.000 participantes, o dobro do previsto pelo MEC no meio do ano, quando o projeto-piloto foi anunciado. O plano do ministério é que, até 2026, o exame seja completamente online — medida que exige investimentos e ajustes consideráveis no sistema educacional. Em todo o país, a suspensão das aulas por causa da pandemia de Covid-19 está levando pais e professores a se adaptarem ao ensino online, com dificuldades proporcionais à disponibilidade de recursos. Secretários de educação do Rio e de São Paulo, por exemplo, buscam parcerias com empresas de telefonia para garantir acesso à internet para alunos de regiões pobres. “Nossa maior preocupação é que os jovens não estudem porque não têm acesso a um computador ou celular com banda larga”, disse o secretário fluminense Pedro Fernandes, a VEJA, para reportagem sobre os desafios do ensino à distância em tempos de crise. Confira, abaixo, o cronograma do Enem 2020:

Justificativa de ausência no Enem 2019 e solicitação da isenção da taxa de inscrição: 6 a 17 de abril

Divulgação dos resultados: 24 de abril

Continua após a publicidade

Inscrições: 11 a 22 de maio

Pagamento da taxa de inscrição: 11 a 28 de maio

Aplicação: Enem digital – 11 e 18 de outubro; Enem impresso – 1º e 8 de novembro

Horário: abertura dos portões às 12h; fechamento às 13h; aplicação às 13h30; término das provas do 1º dia: 19h; término das provas do 2º dia: 18h30

Continua após a publicidade

(Com reportagem de Jana Sampaio)

Publicidade