Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Veja quais são os concursos mais esperados para 2019

A expectativa é alta para editais do INSS, Receita Federal e tribunais; vagas em segurança pública estão em alta

Os concursos públicos são uma boa opção para quem está atrás de emprego. Além da tão sonhada estabilidade, os altos salários das vagas mais concorridas chamam a atenção dos candidatos. Entre esses editais maiores, as expectativas neste ano são para concursos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Receita Federal e Polícia Federal

O ano promete ser bom para os “concurseiros”. Segundo Janaína Arruda, professora de língua portuguesa e redação na AlfaCon, escola preparatória para concursos, as trocas de governo e a necessidade por novos cargos tendem a aquecer o mercado. “Quando mudam as lideranças, sempre abrem novos editais. E o governo vem falando muito em segurança pública, área que já estava com defasagem de pessoas”.

Apesar de já ter tido um edital neste ano, Janaína espera novas vagas para a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Segundo ela, fazia muito tempo que a PRF não abria um concurso, e o que foi realizado recentemente é insuficiente para suprir a instituição. A Polícia Federal também é outra aposta da professora.

No entanto, “o grande concurso do ano”, para ela, é o do INSS. A expectativa é que as vagas apareçam em meados de junho e julho. “Existe um déficit de funcionários, visto que muita gente se aposentou desde o último concurso”, conta ela. Viviane Rocha, professora na Central de Concursos, explica a alta procura. “Ele oferece muitas oportunidades e ainda paga bem”.

O último concurso foi em 2015. Na época foram oferecidas 950 vagas, 150 para o cargo de analista do seguro social e 800 para técnico do seguro social, com salários de até 7.496,09 reais e 4.886,87 reais, respectivamente.

Viviane também relata uma alta nas carreiras financeiras e fiscais. “A Receita Federal está com uma defasagem muito grande de pessoal. É uma instituição de suma importância e tem muita gente se aposentando. O último edital para auditor foi em 2014, e, para analista, só em 2013.”

Ela também espera por concursos no Banco Central, Caixa Econômica Federal e no Ministério da Economia como um todo.

Vagas em tribunais

O meio jurídico promete ter outro ano bom. De acordo com Janaína, existe grande expectativa para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Superior Tribunal Federal (STF).

Segundo ela, os tribunais, em âmbitos federias, estaduais e municipais, costumam oferecer vagas de forma perene, porque seus concursos costumam ter muitas ofertas para cadastro de reserva  que só vão ser efetivamente preenchidas daqui a alguns anos.

A atitude é comum no meio jurídico devido à grande rotatividade de postos de trabalho. Nas carreiras policiais, por exemplo, isso dificilmente ocorre, já que além da prova, ocorrem testes físicos e médicos. “Assim, os concursos só aparecerem quando realmente existem vagas efetivas”, completa ela.