Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Último dia para 94 mil segurados agendarem perícia no INSS

Beneficiários podem ter o pagamento suspenso caso não marquem o exame; até o dia 10, apenas 10.196 pessoas atenderam à convocação

Termina nesta sexta-feira, 13, o prazo para 94.000 segurados que recebem o auxílio-doença ou a aposentadoria por invalidez agendarem perícia no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). De acordo com informações do Ministério do Desenvolvimento, desse total, apenas 10.196 marcaram o exame até o dia 10 de abril.

A convocação para a revisão de benefícios por incapacidade foi divulgada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 23 de março.

Foram chamados os segurados não encontrados por alguma inconsistência no endereço e quem recebeu a carta, mas não agendou a perícia no prazo determinado. Quem teve o nome publicado no DOU, tinha 15 dias corridos para tomar ciência da publicação e mais 5 dias para agendar a perícia pelo telefone 135, ou seja, o prazo se encerra no dia 13 de abril.

Caso a perícia não seja marcada, o pagamento ficará suspenso até o convocado regularizar sua situação. A partir da interrupção, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar o INSS neste prazo, o auxílio será cessado.

O último edital publicado em agosto de 2017 convocou 55.152 pessoas. Desse total, 22 mil agendaram perícia.