Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

RBS eleva prejuízo no primeiro semestre

Por Da Redação
3 ago 2012, 09h06

Por Danielle Chaves

Londres – O Royal Bank of Scotland Group (RBS), parcialmente controlado pelo governo do Reino Unido, anunciou que seu prejuízo líquido aumentou para 1,99 bilhão de libras (US$ 3,09 bilhões) no primeiro semestre deste ano, de 1,43 bilhão de libras no mesmo período do ano passado. No entanto, o resultado foi prejudicado por uma despesa de 3,0 bilhões de libras com o valor da dívida e com a venda enganosa de produtos financeiros.

Às 9h (de Brasília), as ações do RBS subiam 4,79% e guiavam a Bolsa de Londres. Os analistas se concentraram no resultado excluindo a despesa com dívida, que foi de lucro de 287 milhões de libras. O banco teve lucro operacional de 1,83 bilhão de libras, abaixo de 1,97 bilhão de libras um ano antes. A receita, por sua vez, caiu para 11,26 bilhões de libras no primeiro semestre, de 15,29 bilhões de libras na mesma comparação.

O RBS alertou que enfrenta uma série de processos legais em razão da investigação que órgãos reguladores dos EUA, Japão e Reino Unido estão fazendo sobre a tentativa de vários bancos de manipular a taxa de juros interbancário Libor. Segundo o RBS, vários operadores da empresa foram demitidos depois do início das investigações, mas ainda é cedo para estimar as multas que o banco terá de pagar.

Continua após a publicidade

No primeiro semestre foram separados 125 milhões de libras para compensar os clientes depois de problemas no sistema do banco, que deixou milhões de pessoas sem acesso a suas contas. Também foram separados mais 135 milhões de libras para cobrir casos de venda enganosa de seguro para proteção de pagamentos.

O prejuízo líquido do RBS no segundo trimestre deste ano foi de 466 milhões de libras, menor do que o prejuízo líquido de 897 milhões de libras registrado um ano antes. O resultado operacional foi de lucro de 650 milhões de libras, abaixo de 833 milhões de libras no segundo trimestre do ano passado. As informações são da Dow Jones.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.