Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Petrobras decide manter ativos da empresa na Argentina

Empresa não teria gostado das propostas que recebeu, mas não deu detalhes sobre valores e interessados na aquisição

Por Da Redação 24 Maio 2013, 22h11

Um dia após admitir que tinha interesse em vender sua subsidiária na Argentina, a diretoria da Petrobras não aprovou a negociação de seus ativos no país sul-americano. A recusa da venda foi anunciada nesta sexta-feira, por meio de um comunicado.

De acordo com a nota, a Petrobras não aprovou as propostas oferecidas pela Petrobras Argentina (Pesa). No entanto, a Petrobras não deu detalhes sobre valores ou interessados em comprar a subsidiária. A estatal também anunciou que a decisão não altera o plano de investimentos da petrolífera, que espera arrecadar 9,9 bilhões de dólares com o repasse de negócios no exterior.

Apesar de a Petrobras não citar nomes, um representante da empresa argentina Indalo revelou o interesse na subsidiária na última segunda-feira. De acordo com Fabián de Sousa, gerente-geral e sócio do grupo, a Indalo criaria uma nova companhia nos Estados Unidos, especialmente para administrar os ativos da Pesa. Seria a empresa norte-americana, a Centenary Internacional Corporation, que trabalharia para obter um financiamento, no valor de 911 milhões de dólares, para adquirir a subsidiária da Petrobras.

Na última quinta-feira, a Petrobras também adiou a venda da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Segundo a presidente da estatal, Maria das Graças Foster, a Petrobras pode efetuar a venda no futuro, quando o mercado norte-americano apresentar melhoras e aparecerem interessados em pagar um valor maior pelo polo.

Leia também:

Petrobras desiste de vender refinaria nos EUA, mas admite repassar subsidiária argentina

Grupo argentino tenta comprar Petrobras Argentina

“Sou uma defensora absoluta do etanol”, diz Graça Foster

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade