Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras decide manter ativos da empresa na Argentina

Empresa não teria gostado das propostas que recebeu, mas não deu detalhes sobre valores e interessados na aquisição

Um dia após admitir que tinha interesse em vender sua subsidiária na Argentina, a diretoria da Petrobras não aprovou a negociação de seus ativos no país sul-americano. A recusa da venda foi anunciada nesta sexta-feira, por meio de um comunicado.

De acordo com a nota, a Petrobras não aprovou as propostas oferecidas pela Petrobras Argentina (Pesa). No entanto, a Petrobras não deu detalhes sobre valores ou interessados em comprar a subsidiária. A estatal também anunciou que a decisão não altera o plano de investimentos da petrolífera, que espera arrecadar 9,9 bilhões de dólares com o repasse de negócios no exterior.

Apesar de a Petrobras não citar nomes, um representante da empresa argentina Indalo revelou o interesse na subsidiária na última segunda-feira. De acordo com Fabián de Sousa, gerente-geral e sócio do grupo, a Indalo criaria uma nova companhia nos Estados Unidos, especialmente para administrar os ativos da Pesa. Seria a empresa norte-americana, a Centenary Internacional Corporation, que trabalharia para obter um financiamento, no valor de 911 milhões de dólares, para adquirir a subsidiária da Petrobras.

Na última quinta-feira, a Petrobras também adiou a venda da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Segundo a presidente da estatal, Maria das Graças Foster, a Petrobras pode efetuar a venda no futuro, quando o mercado norte-americano apresentar melhoras e aparecerem interessados em pagar um valor maior pelo polo.

Leia também:

Petrobras desiste de vender refinaria nos EUA, mas admite repassar subsidiária argentina

Grupo argentino tenta comprar Petrobras Argentina

“Sou uma defensora absoluta do etanol”, diz Graça Foster

(com Estadão Conteúdo)