Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Imposto de importação de 100 produtos tem nova alíquota

Em setembro, a Camex já havia anunciou a elevação da alíquota do Imposto de Importação para 200 produtos

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) alterou, temporariamente, a alíquota do Imposto de Importação de 100 produtos. Segundo resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, as alíquotas serão alteradas por um período de 12 meses, a contar desta segunda-feira, considerando decisão do Mercosul sobre ações pontuais no âmbito tarifário por razões de desequilíbrios comerciais derivados da conjuntura econômica internacional. A lista de produtos publicada no DOU traz alíquotas fixadas variando de 25% a 2%.

Em setembro, a Camex anunciou a elevação da alíquota do Imposto de Importação para 200 produtos. A medida foi anunciada em agosto de 2011 entre as ações do Plano Brasil Maior e acordada com os parceiros do Mercosul na última cúpula do bloco. A decisão, na visão do governo brasileiro, vai proteger o mercado nacional da concorrência dos importados neste momento de retração econômica mundial, o que tem levado os países a procurarem mercado para suas exportações.

Há duas semanas, os Estados Unidos reclamaram da elevação do imposto de importação. Em carta, o representante dos Estados Unidos para assuntos comerciais, Ron Kirk, pediu que o país reconsidere seus planos “protecionistas” de aumento de tarifas de importação – algo que teria efeito negativo significativo sobre as exportações americanas. O vazamento da correspondência gerou um desconforto entre o Brasil e os Estados Unidos, o que levou o Itamaraty a falar que a carta é “injustificável” e “inaceitável”.

Leia mais:

Itamaraty rebate carta dos EUA sobre protecionismo

Estados Unidos pedem que Brasil reveja seu protecionismo

Na ONU, Dilma ataca medidas de países ricos contra crise

Camex sobe imposto de importação de 100 produtos

UE diz ao Mercosul que protecionismo dificulta acordo comercial

(Com Agência Estado)