Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

China reduz taxas de juros pela segunda vez em um mês

A redução deixa a taxa básica de juros para os empréstimos a um ano em 3%, contra 3,25% anunciada em 8 de junho

Por Da Redação 5 jul 2012, 09h46

Remuneração das contas de poupança também tiveram redução de 3,25% para 3%

A China reduziu pela segunda vez em um mês as taxas de juros de referência. De acordo com o Banco Central chinês, a taxa de referência a um ano foi reduzida em 0,31% a partir da última sexta-feira, enquanto a remuneração dos depósitos a um ano também caiu 0,25%.

A redução deixa a taxa básica de juros para os empréstimos a um ano, em 3%, contra 3,25% anunciado em 8 de junho. A mesma redução vale para a remuneração das contas de poupança, também no prazo de um ano. Além disso, os bancos comerciais poderão conceder até 30% de redução em relação às taxas de referência, contra 20% até agora, o que aumenta a concorrência entre as entidades bancárias.

Estas medidas são anunciadas no momento em que o crescimento registra forte desaceleração na China, passando de 9,2% em 2011 a 8,1% no primeiro trimestre do ano.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade