Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alemanha confirma alta de 0,7% no PIB do 2º trimestre

Economia alemã mostra força com consumo interno robusto e empurrou a zona do euro para fora da recessão que já durava seis semestres seguidos

A taxa de crescimento do Produto Interno Bruto da Alemanha no segundo trimestre foi confirmada nesta sexta-feira, anunciou o escritório federal de estatísticas. O PIB final alemão teve expansão de 0,7% no segundo trimestre, na comparação com os primeiros três meses do ano, e de 0,5% em relação ao mesmo período do ano passado, mesmas taxas divulgadas em dados preliminares na semana passada.

Leia também:

Zona do euro deixa a recessão mais longa do pós-guerra

Economia da França cresce 0,5% e sai da recessão

Assim como indicado pelo resultado inicial, a alta veio principalmente de fatores domésticos com o consumo ainda robusto e investimento fixo se recuperando depois de três trimestres seguidos de contração. O consumo acrescentou 0,4 ponto porcentual para o PIB com um crescimento de 0,5% na comparação trimestral. O consumo privado subiu 0,5% e os gastos do governo avançaram 0,6% no trimestre.

Maior maior e mais forte economia do zona do euro, a Alemanha impulsionou o recente retorno ao crescimento do bloco depois de seis trimestres seguidos de contração. A situação fiscal alemã também se mostrou forte. Os dados oficiais para os primeiros seis meses de 2013 mostram que o governo geral – que inclui o governo central, estados federais, os governos locais e previdência – registrou um superávit orçamentário de 0,6% do PIB.

(Com Estadão Conteúdo)