Clique e assine a partir de 9,90/mês

Jennifer Lawrence é “escravizada” pela franquia ‘Jogos Vorazes’, diz diretor

O cineasta David O.Russell, de 'Trapaça' e 'O Lado Bom da Vida', comparou o excesso de trabalho da atriz na série de filmes infantojuvenis com um esquema de escravidão

Por Da Redação - 14 jan 2014, 10h16

O diretor David O.Russell, responsável pelos filmes Trapaça e O Lado Bom da Vida, ambos estrelados por Jennifer Lawrence, comparou o trabalho da atriz na franquia Jogos Vorazes com um esquema de escravidão, em entrevista ao jornal americano Daily News.

Para o cineasta, o excesso de trabalho da jovem, que a levou ao hospital no ano passado com suspeita de úlcera, está ligado à série adolescente composta por quatro filmes: Jogos Vorazes, Em Chamas e A Esperança (Parte 1 e 2). O primeiro longa arrecadou em bilheteria mais de 691 milhões de dólares e a sequência ultrapassou os 846 milhões de dólares. Os dois últimos estão previstos para estrear em novembro de 2014 e novembro de 2015.

“Particularmente acredito que eles deveriam dar a ela um descanso, já que estão imprimindo dinheiro com a franquia”, conta Russel. O diretor ainda chamou a produção de Jogos Vorazes de uma “gaiola de hamster” e comparou o trabalho da atriz com o filme 12 Anos de Escravidão. “É isso que essa franquia é. E eu terei muitos problemas por falar isso”, disse. Para finalizar, o cineasta afirmou que Jennifer considera os longas que faz com ele como “férias”, pois pode trabalhar menos e fazer o que gosta.

Na noite desta terça-feira, o diretor divulgou um comunicado pedindo desculpas pela declaração. “Eu obviamente usei uma analogia estúpida em uma tentativa pobre de humor. Percebi isso assim que falei e estou profundamente arrependido.”

Leia também:

Atores de ‘Jogos Vorazes’ fazem piada sobre estrelismo de Jennifer Lawrence

‘A vida de Hollywood não é desejável’, diz Jennifer Lawrence

Vestido de Jennifer Lawrence no Globo de Ouro vira meme

A atriz, que levou seu segundo Globo de Ouro no último sábado, tem trabalhado em um ritmo frenético e fez 16 filmes nos últimos cinco anos, entre eles o ainda inédito The Ends of the Earth, que marcará a terceira colaboração de Jennifer com Russel.

Continua após a publicidade
Publicidade