Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
#VirouViral Por Duda Monteiro de Barros Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

Homem pula contra rede de proteção e choca a internet

Luís Paulo se atira contra a rede de proteção recém-instalada há mais de 50 metros do chão

Por Marina Rappa Atualizado em 30 jul 2020, 21h01 - Publicado em 21 fev 2017, 20h25

Um trabalhador deve confiar no serviço que presta. É nessa máxima que o baiano Luís Paulo Mendes da Silva, de 30 anos, acredita de olhos fechados.

Em novembro do ano passado, Luís Paulo publicou um vídeo na página de sua empresa, que viralizou nas redes (com o perdão do trocadilho) na última semana.

No vídeo, ele se atira contra uma tela de proteção recém-instalada em uma sacada, a mais de 50 metros de altura. “Não esperava que a publicação tivesse tanta repercussão agora”, disse o empresário ao #VirouViral.

Ele conta que não são todos os clientes que o deixam realizar o teste de resistência de sua rede. “Tem vezes que os clientes não deixam porque ficam com medo. Eu sempre pergunto antes”, afirma. A publicação já tem mais de 56 mil reações e 135 mil compartilhamentos.

Continua após a publicidade

Críticas

O empresário foi criticado por sua imprudência em se atirar contra a rede sem nenhum tipo de proteção. “Existe a pessoa que elogia e a que fala mal. A única coisa que eu tenho a dizer é que preciso confiar no que eu faço e mostrar isso ao cliente. Para mim, não basta apenas instalar a rede”, diz.

Rodrigo Sitnikas, professor técnico de segurança no trabalho, repreende a atitude de Luís Paulo.

“Não é recomendável em nenhuma circunstância. Ele está colocando a própria vida em risco. Mesmo que ele tenha muitos anos de profissão e conheça bem o serviço. Inclusive, o excesso de confiança humana pode aumentar a probabilidade de erro”, afirma.

De acordo com o especialista, vários testes poderiam ser empregados, sem nenhum risco à vida.

“Ele poderia pendurar um saco de arroz ou areia na rede para comprovar sua eficácia. Sempre podemos demonstrar que fizemos um bom trabalho de outras maneiras”, diz.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)