Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Recomenda

Por Coluna Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA
Continua após publicidade

Pinóquio de Del Toro ganha tom político ao explorar opressão fascista

Cineasta mexicano se aproxima do clima crítico do texto original ao transpor a história para a Itália do ditador Benito Mussolini

Por Raquel Carneiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 3 dez 2022, 10h00

Pinóquio por Guillermo del Toro (em cartaz; na Netflix a partir de 9 de dezembro) O boneco de madeira Pinóquio está apaixonado pela vida que lhe foi dada inesperadamente. Como toda criança, ele quer correr, cantar e brincar, mas seu jeito travesso não pega bem na opressora Itália do ditador Benito Mussolini. O verbo obedecer ronda o boneco: das advertências de seu pai, Gepeto, amedrontado pelas autoridades, ao slogan fascista “Crer, obedecer e combater” estampado nos muros do povoado onde vivem. Ao adicionar o fundo histórico dilacerante, o cineasta mexicano Guillermo del Toro aproxima o filme de sua versão original: no texto do italiano Carlo Collodi (1826-1890), a violência e a desigualdade rondam as desventuras do boneco que queria ser gente. Nesta belíssima adaptação, Del Toro vai além: em um mundo oprimido, o boneco destoa dos humanos tratados como marionetes.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.