Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Dentista explica preocupante estado bucal de Johnny Depp

Protagonista em Cannes chamou atenção pelo aspecto escuro dos dentes

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 19 Maio 2023, 15h35 - Publicado em 19 Maio 2023, 15h00

Johnny Depp, 59, é um dos nomes mais comentados do Festival de Cinema de Cannes 2023 – seja por ser protagonista no filme Jeanne du Barry, que abriu o festival, ou por estar envolvido com as polêmicas sobre ex-mulher Brie Larson, 33, que integra o júri. O mais recente fato que chamou atenção são os dentes do ator. Muitos ficaram assustados com a coloração marrom e aspecto nada agradável ao vê-lo sorrir. O cirurgião dentista Avelino Veit, 43, conversou com a coluna sobre o estado que os dentes se apresentam e o que causa essa coloração.

“Johnny possui um perfil de rosto que é o braquifacial, quadrado, com músculo temporal forte. Pessoas assim costumam ter desgaste dos dentes cedo. Quando se junta a uma vida de fortes emoções e alguns hábitos, como vinho tinto, cigarro e café, além de nenhuma linha preventiva, o desgaste acaba sendo maior. O esmalte dos dentes fica poroso, cheio de trincas, desgastado e envelhecido. Ele não queria seguir estereótipo hollywoodiano, de dentinhos branquinhos. Além de um efeito estético, todo mundo fica assustado de ver como ficaram feios. As cores entre os dentes estão diferentes, um bem mais escuro, provavelmente já está com o nervo morto. Também começam a provocar flacidez de pele, com a perda da dimensão vertical, na altura dos dentes, além de dores na articulação e até perda de dentes”, explica Veit, doutor em Implantes Dentários SLM-SP, com mestrado em Ortodontia SLM-SP e membro da German Society of Oral Implantology.

E como o ator poderia tratar sua saúde bucal? “Ele poderia realizar uma habilitação oral por lente de cerâmica, de forma mais natural, sem ficar branquíssimo, porém recuperando os dentes. E talvez nem todos vão ser só lentes, talvez vai ter lentes que pegam o dente inteiro, chamadas de coroa, porque o desgaste e as infiltrações são antigos”, completa Veit que está atualmente em Harvard, nos Estados Unidos, uma das mais importante universidades do mundo, para palestrar neste domingo, 21. Ele vai contar sobre sua história, gestão e empreendedorismo sustentável na Saúde.

Avelino Vert -
Avelino Veit – (Reprodução/Divulgação)
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.