Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

CEO do Hurb é substituído em meio a polêmicas com clientes

João Ricardo Mendes fundou a empresa em 2011

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 25 abr 2023, 15h13

João Ricardo Mendes, 42, fundador da empresa de turismo Hurb, renunciou ao cargo de CEO nesta segunda-feira, 24. A decisão foi compartilhada por um comunicado oficial depois do empresário se envolver em várias polêmicas em meio a uma onda de insatisfação crescente dos clientes. Em um vídeo compartilhado por ele mesmo no final de semana, Mendes xinga, ameaça e expõe dados pessoais de cliente. Otávio Brissant, general council, assumirá interinamente o cargo até que a companhia vote em um nome definitivo.

O vazamento de dados ocorreu em um grupo de WhatsApp com mais de mil pessoas. O consumidor disse que comprou um pacote da Hurb, mas não recebeu as passagens. “Tá arriscado alguém bater na m* da sua casa”, disse o CEO em uma suposta ligação com o cliente, gravada em vídeo e divulgada pelo próprio Mendes. A empresa já acumula mais de 20 mil reclamações registradas no site Reclame Aqui, muitas delas de clientes insatisfeitos com atraso na remarcação de passagens. Vários hotéis e pousadas, a maioria do nordeste, têm cancelado reservas alegando problemas no repasse de pagamento.

Em comunicado oficial, Mendes afirma que está disposto pela primeira vez a separar o João “pessoa física” do João “pessoa jurídica” e admite ter cometido erros. “Esses recentes acontecimentos, na verdade, foram erros do ‘João Ricardo Mendes’ e não de uma companhia inteira que é muito maior do que eu (…). Dizer que estou envergonhado é um eufemismo extremo. Meu trabalho como líder é liderar, e isso começa com um comportamento que deixa nosso time e clientes orgulhosos. Não foi isso que fiz e não posso dizer que não vou manter certos princípios sagrados”, diz trecho do comunicado que, ao final, cita a música Till I Collapse, do rapper Eminem. Ironicamente, a letra diz ser preciso encontrar força e “procurar dentro de você” para “não desistir”.

Na posição de CEO, o salário do empresário ultrapassava um milhão de reais anualmente, quase 110 mil por mês.Mendes fundou a Hurb em janeiro de 2011, com a ousada proposta de pacotes de viagens a preços abaixo que os da concorrência.

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by Hurb (@hurb)

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.