Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Canal Canalha, o novo gigante do YouTube

Julio Cocielo fala sobre a criação da página e o motivo que o levou a ter 10 milhões de inscritos na rede de vídeos

Por Bruno Meier Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 30 jul 2020, 21h18 - Publicado em 18 nov 2016, 17h10

Julio Cocielo

Com 10 milhões de inscritos, o paulista JULIO COCIELO acaba de entrar para o seleto time dos gigantes do YouTube no Brasil. Terceiro maior canal do site, o Canalha se junta ao youtuber Whindersson Nunes e ao grupo de humor Porta dos Fundos. Lançado no fim de 2011, o Canalha nasceu enlutado: Cocielo conta que andava triste com a morte de um ente querido – um cachorro. “Fiz o canal para me distrair”, relata.

A partir daí, foi a trajetória padrão dos estouros do YouTube: da despretensiosa produção caseira ao sucesso de massas. “Eu falo e faço coisas que as pessoas não têm coragem de fazer e falar”, diz o youtuber. O vídeo da virada, que impulsionou seu sucesso, é 10 Mandamentos do Rei do Baile Funk. “Quando a gente nasce em Osasco, não dá para fugir muito do funk.”

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=rE6wqNq5D24?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Cocielo trabalha sozinho até hoje, sem apoio de profissionais. “Quero ter controle do meu projeto. Quando gravo, boto a câmera, ajusto o foco e dou play”. Com o título alcançado recentemente, o Google passou a oferecer a Cocielo um serviço mais personalizado, com estúdios para seus vídeos. Cocielo também fez  participações no Pânico na Band, que serão interrompidas para que ele se dedique ao próprio stand up.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.