Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

As três vezes que Madonna foi excomungada da Igreja

Cantora faz aniversário nesta quarta-feira, 16, e pediu para se resolver com o Papa

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 13 Maio 2024, 22h45 - Publicado em 16 ago 2023, 19h13

A excomunhão é um ato de punição, para expulsar, mesmo que simbolicamente, membros indesejados da Igreja Católica. Nesse quesito, a cantora Madonna, que completa 65 anos nesta quarta-feira, 16, já repetiu três vezes. Ela, sempre vista como uma figura polêmica, já pediu para se encontrar pessoalmente com o Papa Francisco, 86, para resolver as “desavenças” do passado.

A primeira vez que foi expulsa aconteceu em 1989, quando lançou a música Like A Prayer. No clipe, a cantora revoltou o clero por aparecer beijando uma divindade negra, que seria a representação de Jesus Cristo, dentro de uma capela. Na mesma produção, banida pela Igreja, a diva pop também aparece cantando em meio a cruzes em chamas – uma referência a Ku Klux Klan, que se utiliza do símbolo religioso.

Depois, em 1990, Madonna voltou a fazer parte do grupo indesejado da Igreja. No palco, durante uma turnê, a artista incluiu uma performance da música Like A Virgin em que simulava a masturbação, ato que é visto como pecaminoso pela instituição católica.

Já a última vez excomungada foi durante uma turnê de 2006, chamada de Confessions Tour. No palco, Madonna revoltou a comunidade católica ao performar a música Live To Tell “pregada” em uma grande cruz espelhada, usando uma coroa de espinhos na cabeça.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.