Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Sobre Palavras

Por Sérgio Rodrigues
Este blog tira dúvidas dos leitores sobre o português falado no Brasil. Atualizado de segunda a sexta, foge do ranço professoral e persegue o equilíbrio entre o tradicional e o novo.
Continua após publicidade

Fecho de brinco é tarraxa ou tarracha?

“Quando nos referimos ao fecho dos brincos, o correto é tarraxa ou tarracha? É que nos dicionários só encontro tarraxa com o significado da rosca do parafuso e nunca como fecho de brincos. E na web, TODOS se referem a esses fechos como tarracha. Daí a dúvida.” (Maria Oliveira) A palavra a que Maria se […]

Por Sérgio Rodrigues
Atualizado em 31 jul 2020, 03h17 - Publicado em 13 ago 2014, 17h00

tarraxa de brinco

“Quando nos referimos ao fecho dos brincos, o correto é tarraxa ou tarracha? É que nos dicionários só encontro tarraxa com o significado da rosca do parafuso e nunca como fecho de brincos. E na web, TODOS se referem a esses fechos como tarracha. Daí a dúvida.” (Maria Oliveira)

A palavra a que Maria se refere é tarraxa, grafada, segundo todos os dicionaristas, com xis. Tem acepções variadas, de “parafuso” e “rosca que prende o parafuso” a “cunha, cavilha, peça usada para apertar”. É o termo mais empregado para designar aquela pecinha que prende o brinco atrás da orelha, embora se encontre também, no Brasil, um sinônimo mais técnico: contrapino.

É verdade que a grafia “tarracha”, mesmo sem a abonação dos lexicógrafos, goza de grande popularidade, mas isso não quer dizer que todas as ocorrências na internet incorram em tal erro. Curiosamente, a flutuação de grafia tem raízes profundas, e durante algum tempo foi alimentada pelo fato de que ninguém tinha – como ainda não tem – muita certeza sobre a origem da palavra.

O Houaiss registra que, em fins do século XVIII, o influente dicionário de Antonio de Morais Silva optou por “tarracha”. Essa não foi, porém, a forma que vingou. O filólogo catalão Joan Corominas defendeu as grafias tarraja para o espanhol e tarraxa para o português, por acreditar que o vocábulo era oriundo do árabe tarraha, “aquilo que prende”, e que essa seria a transposição mais adequada. Em defesa de sua tese, foi buscar uma velha ocorrência de tarraxado no pioneiro dicionário de português de Rafael Bluteau, uma obra do início do século XVIII.

Continua após a publicidade

Para resumir, hoje não há dúvida: “tarraxa” é a única grafia aceita como correta. A popular “tarracha” vem a ser apenas um erro muito disseminado.

*

Envie sua dúvida sobre palavra, expressão, dito popular, gramática etc. Às segundas, quartas e quintas-feiras o colunista responde ao leitor na seção Consultório. E-mail: sobrepalavras@todoprosa.com.br

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.