Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Sobre Palavras

Por Sérgio Rodrigues Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Este blog tira dúvidas dos leitores sobre o português falado no Brasil. Atualizado de segunda a sexta, foge do ranço professoral e persegue o equilíbrio entre o tradicional e o novo.
Continua após publicidade

‘Até hoje’ ou ‘até então’? Cada coisa na sua hora

“Prezado Sérgio, a expressão ‘até então’ tem embutida em si algo de vaguidão, mas isso não significa que não possa ser empregada erradamente. Frequentemente a vejo ou ouço mal usada na mídia, por profissionais que têm a obrigação terem antenas sensíveis ligadas no idioma. Geralmente o fazem em contextos em que caberia melhor ‘até agora’ […]

Por Sérgio Rodrigues
Atualizado em 31 jul 2020, 11h21 - Publicado em 14 jul 2011, 15h43

“Prezado Sérgio, a expressão ‘até então’ tem embutida em si algo de vaguidão, mas isso não significa que não possa ser empregada erradamente. Frequentemente a vejo ou ouço mal usada na mídia, por profissionais que têm a obrigação terem antenas sensíveis ligadas no idioma. Geralmente o fazem em contextos em que caberia melhor ‘até agora’ ou ‘até aqui’. Às vezes o mau uso de ‘até então’ pode ser muito irritante. Exemplo (real, de repórter de rádio cobrindo a inauguração de duplicação de acesso viário): ‘Faltam cinco minutos para a cerimônia de inauguração, e está subindo ao palanque o prefeito, para inaugurar esta melhoria urbana num local em que até então eram comuns imensos engarrafamentos’. Afinal, quais são os limites temporais para uso do ‘até então’? (David Waisman)

A consulta de David é de um tipo raro: já traz a resposta. Sim, claro que a frase do repórter de rádio que ele cita é desajeitada: “até então”, expressão que junta a preposição até com o advérbio então, significa “até aquele momento”. É inadequada, portanto, para se referir a um marco temporal situado no presente, ou seja, neste momento. “Até agora”, “até aqui” ou “até hoje” seriam as formas corretas nesse caso.

Se não funciona para falar do presente, a fórmula “até então” pode ser aplicada tanto ao passado quanto ao futuro. Passado: “Lembre que estávamos nos início dos anos 40, e até então ninguém tinha ouvido falar de biquíni”. Futuro: “Venha me visitar nas próximas férias. Até então já estará habitável o quarto de hóspedes”.

Vale lembrar que a palavra então, existente em português desde o século 13, veio do latim in (preposição) + tunc, advérbio que tem entre outros o sentido de “naquele tempo”.

*

Envie sua dúvida sobre palavra, expressão, dito popular, gramática etc. Toda quinta-feira o colunista responde ao leitor na seção Consultório. E-mail: sobrepalavras@todoprosa.com.br
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.