Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

TARSO, O INVENTOR DA “POLARIZAÇÃO EM TORNO”

Ah, essa é irresistível. Leio o seguinte no Estadão Online. Comento em seguida: Por Elder Ogliari: O ministro da Justiça, Tarso Genro, previu hoje que a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará no centro dos debates eleitorais nacional e estaduais em 2010. “Serão eleições muito polarizadas em torno do governo Lula, em […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 16h10 - Publicado em 23 dez 2009, 19h59

Ah, essa é irresistível. Leio o seguinte no Estadão Online. Comento em seguida:

Por Elder Ogliari:
O ministro da Justiça, Tarso Genro, previu hoje que a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva estará no centro dos debates eleitorais nacional e estaduais em 2010. “Serão eleições muito polarizadas em torno do governo Lula, em torno do significado do governo Lula para o País, em torno do antes e do depois, em torno da nossa relação com a crise, em torno da articulação federativa que o presidente fez na sua relação com os Estados e tudo isso tem que ser debulhado e exposto no debate”, disse.

Em Porto Alegre, onde participou hoje da cerimônia de adesão de 50 cidades do Rio Grande do Sul ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), Tarso voltou a dizer que a possível candidata do PT à sucessão de Lula, a chefe da Casa Civil Dilma Rousseff, tem “o melhor cabo eleitoral do mundo”, que é o próprio presidente.

Ele lembrou ainda que Dilma cresceu nas pesquisas de intenção de voto à medida em que o debate sobre a sucessão presidencial passou a conectar o nome dela ao de Lula. Porém, Genro não quis comentar seu empate, com 30% das intenções de voto, com o prefeito de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB), na preferência atual dos gaúchos para o governo do Estado.

Continua após a publicidade

Comento
Tarso, como vocês sabem, é aquele poeta da mão cheia. Isso deriva de seu enorme conhecimento da língua. Ele acaba de inventar uma categoria nova da física, que é a chamada “polarização em torno”, seja lá o que isso signifique. Politicamente, nós já entendemos: como os eleitores não têm nenhuma boa razão para votar em Dilma, o PT vai fazer de conta que Dilma é Lula. Posso imaginá-lo dizendo essas coisas, com aquele ar sério, compenetrado, fala compassada, com as palavras perseguindo, sem  sucesso, um pensamento.

Tarso não quis explicar por que já começam a diminuir as intenções de voto em seu nome. É uma pena! A sua Polícia Federal já fez tanto pelas eleições no Rio Grande do Sul, não é mesmo? Mas, tudo indica, será inútil.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.