Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

PM tem de usar bala de borracha para tirar invasor de terreno; é uma pena não poder usar balas Toffee

Por Tatiana Fávaro, no Estadão. Comento:Ao menos 800 pessoas foram retiradas ontem pela tropa de choque da Polícia Militar de três acampamentos do Movimento dos Sem-Terra (MST) localizados no Horto Florestal Tatu, em Limeira, a 151 quilômetros de São Paulo. Numa das ações, houve confronto entre policiais e sem-terra. O líder nacional do MST Gilmar […]

Por Reinaldo Azevedo
Atualizado em 31 jul 2020, 20h08 - Publicado em 30 nov 2007, 05h07

Por Tatiana Fávaro, no Estadão. Comento:
Ao menos 800 pessoas foram retiradas ontem pela tropa de choque da Polícia Militar de três acampamentos do Movimento dos Sem-Terra (MST) localizados no Horto Florestal Tatu, em Limeira, a 151 quilômetros de São Paulo. Numa das ações, houve confronto entre policiais e sem-terra. O líder nacional do MST Gilmar Mauro, atingido por um tiro de bala de borracha, foi encaminhado à Santa Casa de Limeira. Segundo o MST, ao menos 20 pessoas ficaram feridas. O major da PM Wagner Facchini admitiu que a polícia usou balas de borracha e bombas de gás contra os manifestantes, mas não confirmou o número de feridos. Líderes do movimento falaram em ao menos dez sem-terra detidos pela polícia. No fim da tarde, a informação da PM era de que não havia manifestantes presos. Além de Gilmar Mauro, a Santa Casa de Limeira informou, por meio de assessoria, ter atendido outras duas pessoas que estavam no acampamento, mas eram casos de pressão alta. Montado em abril deste ano, o acampamento Elizabeth Teixeira estava localizado em uma área de 5 mil metros quadrados pertencente à União. A reintegração de posse foi pedida em maio pela Prefeitura de Limeira, que disputa judicialmente com o governo federal a posse da terra. O juiz Flávio Dassi Vianna, da Vara da Fazenda Pública de Limeira, determinou a reintegração de posse à prefeitura na sexta-feira da semana passada.
Assinante lê mais aqui

Comento
Invadiram. A Justiça mandou sair. Os invasores não saíram. A Polícia, que é a democracia de uniforme, entra lá e tira. Na próxima, a PM deve levar balas Toffee. Se o MST sair com elas, muito bem. Se não sair, o estado de direito tem de usar balas de borracha.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.