Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Para especialistas, mudança no governo não deve afetar mercado

Da Reuters: Especialistas afirmam que o pedido de demissão de Antonio Palocci da chefia da Casa Civil deve ter pouco impacto no mercado financeiro. Palocci entregou nesta terça-feira à presidente Dilma Rousseff carta pedindo afastamento do cargo, após semanas de pressão e acusações desde que a Folha publicou em maio que seu patrimônio cresceu 20 […]

Por Reinaldo Azevedo
Atualizado em 31 jul 2020, 11h43 - Publicado em 7 jun 2011, 23h18

Da Reuters:
Especialistas afirmam que o pedido de demissão de Antonio Palocci da chefia da Casa Civil deve ter pouco impacto no mercado financeiro. Palocci entregou nesta terça-feira à presidente Dilma Rousseff carta pedindo afastamento do cargo, após semanas de pressão e acusações desde que a Folha publicou em maio que seu patrimônio cresceu 20 vezes em quatro anos. A senadora petista Gleisi Hoffmann (PR) assumirá a chefia da Casa Civil.

Na opinião do gestor de renda fixa e derivativos da Brasif Gestão, Carlos de la Rocque, os mercados podem até esboçar alguma reação negativa no início da quarta-feira, mas isso deve durar pouco. “Pode até ter um impacto logo no início do dia, mas nada de anormal, se (o DI) subir é para cair depois. A saída do Palocci não foi nenhuma surpresa, já estava meio que no radar no mercado”, afirmou.

Já o estrategista para a América Latina do BofA Merrill Lynch, David Beker, acredita que o fato de Palocci ter um perfil mais em sintonia com investidores pode favorecer alguma influência sobre os mercados na quarta-feira. “Os participantes do mercado têm digerido as notícias nas últimas semanas, o que pode limitar o impacto sobre o mercado. Porém, ainda esperamos que a curva de juros incline [para cima] e alguma depreciação marginal do real com as notícias.”

Os mercados acionário, de câmbio e de DI repercutiram de modo discreto nas últimas semanas a crise envolvendo o ex-chefe da Casa Civil. Na terça-feira, o Ibovespa teve leve alta, enquanto o dólar e as projeções de juros recuaram. “Você tem dois lados da história. A queda do Palocci é ruim de certa forma porque ele tinha um viés mais próximo do mercado, era um ministro mais alinhado com a visão dos investidores”, disse analista econômico José Goes, da WinTrade. “Por outro lado, viramos uma página, encerramos um assunto.”

Continua após a publicidade

O diretor da Moody’s para a América Latina, Alfredo Coutino, acredita que o governo conseguirá superar a saída de Palocci e que Dilma poderá até fortalecer sua liderança. “Acho que a presidente Dilma vai facilmente superar a saída dele (Palocci) e que suprirá sua falta ou com um novo auxiliar ou fortalecendo sua própria liderança”, afirmou. “Ninguém é indispensável.”

Roberto Padovani, estrategista-chefe do banco Westlb, afirma que, no atual estágio de evolução, “o mercado financeiro aprendeu que existem fundamentos para política econômica” e, por isso, a mudança do perfil à frente da Casa Civil “não é algo que deva impactar muito os ativos”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.